Fechar
RELIGIÃO

Gil do Vigor fala em medo ao comentar participação na parada gay

Durante o programa “Mais Você” desta quinta-feira (23), o ex-BBB abriu o coração ao comentar ida ao evento no passado

Bruno PintoRepórter do EM OFF

Gil do Vigor marcou presença no “Mais Você” desta quinta-feira (23) e, além de comandar o quadro “Ta Lascado”, revelou detalhes de sua participação na Parada do Orgulho LGBTQIA+, ocorrida no último domingo. O ex-participante da vigésima primeira edição do “Big Brother Brasil” aproveitou o espaço e o assunto para abrir o coração e falar sobre o medo que sempre sentiu de ser quem realmente é.

Ao ser questionado por Ana Maria Braga, Gilberto Nogueira revelou que havia sido a primeira vez que participou da Parada, tendo em vista que não conta uma edição que foi no passado: “Domingo foi uma verdadeira correria, mas foi muito legal. Foi minha primeira vez no evento, pois quando era jovem, eu não conseguia ir. Pra não dizer que não fui, eu cheguei a ir bem rapidinho na primeira Parada do Orgulho em Boa Viagem, mas por conta da religião, eu fiquei escondido”.

O economista revelou que o principal motivo pelo qual não ia ao evento era o medo que sentia de ser descoberto no local: “É importante dizer que eu tinha muito receio de como realmente seria participar dessa festa. Eu tinha medo de que alguém me visse ou me filmasse… Muitas vezes nós queremos participar, mas ainda acaba vindo aquele receio de aparecer na televisão e tudo mais”.

O ex-BBB contou que, depois de tantos anos se escondendo de tudo e de todos, finalmente conseguiu ir ao evento de forma completa, entregue e com muito orgulho da pessoa que, sem medo de julgamentos: “Foi a primeira vez que eu realmente consegue estar lá, poder sentir o ambiente e aproveitar de verdade. Foi um clima muito especial, estava tudo lindo. Eu curti muito mesmo!”.

Continua após a publicidade

Por fim, Gil do Vigor falou sobre a importância do “BBB” em sua vida, no sentido de se assumir: “Uma mudança aconteceu em mim, pois eu finalmente consegui entender o é a Parada do Orgulho. Antes do programa, eu tinha muito receio, tinha muito medo. Agora eu sei que a gente precisa ser que realmente somos e no domingo eu estava lá, todo orgulhoso de ser quem eu sou, junto com os meus. Isso faz toda a diferença”.