Fechar
CRESCEU

Globo bate recorde de audiência com cobertura do desastre em Petrópolis

A emissora dos Marinho decidiu cancelar a transmissão de algumas atrações e acabou registrando excelentes números no Rio de Janeiro

Bruno PintoRepórter do EM OFF

Diante da tragédia que destruiu grande parte da cidade de Petrópolis, localizada na região serrana do Rio de Janeiro, diversos veículos de comunicação enviaram profissionais para o local com o objetivo de cobrir o desastre e obter informações atualizadas sobre as consequências causadas pela forte chuva, o trabalho de resgate do Corpo de Bombeiros e do número de mortos, que vem aumentando cada vez mais.

Uma das emissoras de televisão que vem acompanhando de perto cada detalhe do maior desastre natural da história da Cidade Imperial é a Rede Globo. Além de enviar um time de peso para Petrópolis, a emissora dos Marinho fez questão de exibir seus telejornais locais diretamente da cidade devastada pela tempestade e o resultado foi logo sentido nos índices de audiência da Globo.

Nesta quarta-feira (16), a emissora carioca resolveu promover uma grande mudança em sua grade para conseguir cobrir ao vivo a tragédia. Com isso, a direção da Globo deu o aval e programas matinais, como o “Mais Você” e o “Encontro com Fátima Bernardes” tiveram suas transmissões canceladas. Segundo dados divulgados pelo portal Natelinha, com a cobertura do desastre ocupando grande parte da programação, a Globo obteve média de 14 pontos no Rio de Janeiro entre 6h00 e meio-dia.

O resultado em questão foi tão positivo para a emissora carioca, que representou num recorde de audiência para uma quarta-feira, algo quem não ocorria há mais de oito meses. A nível de comparação, a Rede Globo registrou um aumento significativo em seus números e fechou o horário com cerca de três pontos a mais do que nos dias anteriores, ou seja, algo em torno de 27% de crescimento.

Continua após a publicidade

CLIMA DE COMOÇÃO E TRISTEZA

Na manhã desta quinta-feira (17), durante o “Bom Dia Brasil” o apresentador Flávio Fachel, assim como alguns âncoras de telejornais locais da Globo, comandou o noticiário diretamente de Petrópolis. Em meio a tanto choro e destruição, o jornalista não conseguiu segurar a emoção e acabou indo às lágrimas enquanto falava sobre tudo o que está vendo desde a sua chegada na Cidade Imperial.

Logo em sua primeira entrada no telejornal, Fachel não conseguiu sequer se expressar sem que as lágrimas caíssem de seus olhos. Visivelmente abatido por estar vivenciando aquele momento, apresentador contou que não chorar diante de tanta desgraça acabou se tornando uma missão quase impossível. Flávio, que tem mais de 30 anos de carreira, detalhou a tristeza do povo petropolitano.

“É muito dolorido o que a gente está vendo aqui. Não tem como a gente não se emocionar, porque a gente sabe que tem pessoas aqui que ainda precisa ser resgatada. É muito difícil o que a gente está acompanhando… Não tem como andar aqui”, disse o apresentador do “Bom Dia Brasil”, que na sequência revelou que não conseguiu dormir e acabou indo acompanhar o trabalho de resgate do Corpo de Bombeiros.