Fechar
BBB 22

Globo convoca Tadeu Schmidt para comandar o BBB22

Com a saída de Tiago Leifert, Globo convidou Tadeu Schmidt para comandar o Big Brother Brasil a partir de 2022

Augusto ViannaRepórter do EM OFF

Com o anúncio de que irá deixar a TV Globo, o apresentador Tiago Leifert fez com que uma contagem regressiva fosse iniciada para o público saber quem o substituiria no comando do Big Brother Brasil. Um pressão foi criada pelo mercado publicitário e a emissora, durante este final de semana, decidiu formalizar o convite ao apresentador do Fantástico, Tadeu Schmidt, para assumir a próxima edição do reality. 

De acordo com o TV Pop, a direção da Globo procurou o jornalista já com uma proposta generosa de aumento salarial. Tadeu, atualmente, já recebe cerca de R$ 200 mil reais por mês, e especula-se de que o valor que receberia em sua nova função seria o dobro. Migrando para o entretenimento, haverá a possibilidade de realizar ações de merchandising testemunhal no BBB além de fazer o mesmo nas redes sociais.

Ainda de acordo com o portal, Schmidt pediu mais tempo aos executivos para pensar na proposta de migração para o BBB. No entanto, diz-se que para amigos próximos, Tadeu admitiu ter medo de deixar a zona de conforto para entrar em um ramo que costuma mexer com os ânimos dos telespectadores, já que apresentadores de reality são frequentemente hostilizados pelo público.

Tadeu tem dúvidas se está preparado para tamanha exposição, uma vez que o BBB é exibido todos os dias em horário nobre. Ele também se preocupa com o que pode ocorrer com sua família. Ou seja, ele teme ataques nas redes sociais, já que duas de suas filhas possuem perfis abertos na internet. Porém, ele ainda sente-se inseguro em relação ao Fantástico. 

Continua após a publicidade

Não é segredo nos corredores da Globo de que haverá uma grande modificação no dominical em 2022. Diga-se que ele e Poliana Abritta não devem permanecer na apresentação do programa, e a jornalista Maju Coutinho e Thiago Oliveira seriam as novas caras da revista eletrônica e trariam mais força, como foi antecipado pelo TV Pop em 15 de agosto.

Segundo eles, a alta cúpula da emissora deve manter o formato tradicional e escolher um sucessor de Tiago que já tenha passado pelo setor de jornalismo. Para a Globo é importante que o apresentador do Big Brother Brasil tenha credibilidade no mercado e diante do público e que não seja uma espécie de “mico de circo”, como informa o portal, pois vira e mexe o reality aborda temas que fogem do entretenimento.

Outros diretores defendem a ideia de que para comandar a casa mais vigiada do Brasil não é preciso que seja jornalista. Basta apenas que tenha o respeito do público. Funcionários da vênus platinada também torcem para que o mais novo contratado da Globo, Marcos Mion, assuma a atração deixada por Leifert. Porém, sua passagem por A Fazenda seria um empecilho. A emissora não se sente confortável em trazer para o Big Brother alguém que já apresentou um programa idêntico na concorrência.

Tem alguma foto? print? vídeo? ou áudio de alguma fofoca? envie um e-mail para contato@portalemoff.com.br sua identidade será mantida no mais absoluto sigilo