Fechar
AO VIVO

Globo quebra protocolo e toca música proibida em telejornal

Apresentador do “RN1” comemorou sucesso de audiência

Paulo Henrique LimaRepórter do EM OFF

A Inter TV RN, afiliada à Globo no Rio Grande do Norte, comemorou o sucesso de audiência do “RN1”, telejornal equivale ao “SP1” da Globo São Paulo exibido na hora do almoço para todo o estado. Murilo Meireles, âncora do noticiário, abriu a edição desta sexta-feira (13) alfinetando as concorrentes com direito a mascote, serpentina e até funk. O apresentador não escondeu empolgação.

“Olá, muito bom dia pra você. ‘RN1’ começando em clima de festa e comemoração porque hoje é a subidinha do Antenado [o mascote] por um motivo muito especial: o ‘RN1’ continua em primeiro lugar no coração e na audiência entre os potiguares”, disse ele, que em seguida cumprimentou Ana Paula Davim, co-apresentadora do telejornal. Além de apresentador, ele atua como editor.

“O coração transbordando de alegria graças as pessoas como você que nos assiste de casa, trabalho, no carro.[A audiência] subiu um pouco mais, já estava em primeiro lugar, mas deu aquela subidinha ainda mais no coração dos potiguares”, disse ele enquanto o mascote dançava funk em cima de um pódio na tela da emissora.

Globo no Carnaval

Recentemente, a Globo Rio investiu no Carnaval do Rio de Janeiro na Marquês de Sapucaí. A tradicional cobertura da festa popular, no entanto, acabou virando piada após o repórter Alexandre Henderson entrevistar uma mulher que afirmou ter vindo da Costa do Marfim para acompanhar os desfiles das escolas de samba da Série Ouro. A desenvoltura da mulher dividiu opiniões entre os telespectadores.

Continua após a publicidade

“Vim a primeira vez, é uma sensação inexplicável, é muito bonito, é muito lindo”, disse a mulher identificada como Marli. Ela se mostrou empolgada com o samba de uma agremiação que se preparava para entrar na avenida. “Seja muito bem-vinda ao Brasil”, respondeu o jornalista, que havia dito que a mulher é do país da África Ocidental.

Após virar piada nacional, Alexandre procurou Marli e divulgou os Stories do Instagram de Marli em que ela esclareceu ser da Costa do Martim. A mulher comemorou os momentos de fama. “C****** mais de 2 mil visualizações nos Stories. Eu cheguei no Brasil em 21 de março de 2015, quando estava completando 17 anos”, contou ela.

O evento carioca foi exibido para todo estado pela Globo Rio e no Globoplay, serviço de streaming da Globo. Maju Coutinho e Alex Escobar comandaram a transmissão dos desfiles do Grupo Especial das escolas de samba do Rio de Janeiro. A apresentadora do “Fantástico” substituiu Fátima Bernardes, que deixou o evento para se reduzir sua escala de trabalho no canal. A partir dos segundo semestre, a comandante do “Encontro” vai deixar o programa matinal para apresentar o “The Voice”.