Fechar
OLIMPÍADA

Globo tem maior audiência na madrugada desde paredão entre Manu e Prior

Com conquista inédita de Rayssa Leal no skate, emissora registrou bons índices na Olimpíada

Danilo ReenlsoberRepórter do EM OFF

A Globo só tem motivos para comemorar com sua transmissão da Olimpíada de Tóquio. Desde que começou a exibir os Jogos Olímpicos do Japão, a emissora carioca tem registrados bons índices na audiência em todos os horários. A madrugada desta segunda-feira (26), por exemplo, foi a mais assistida desde o paredão entre Manu Gavassi e Felipe Prior no BBB20.

Na última quinta-feira (22), antes mesmo da realização da abertura do evento esportivo, a seleção brasileira masculina venceu a Alemanha na primeira partida pelo bicampeonato olímpico. Dados da audiência mostram que a audiência da Globo dobrou no horário em comparação à programação padrão. A partida chegou aos 13 pontos no ibope, na ocasião.

Já no dia seguinte, a cerimônia de abertura da Olimpíada de Tóquio também registrou aumento na audiência da emissora. A Rede Globo marcou 10 pontos de média, o que representa algo em torno de 2 milhões e 600 mil televisores sintonizados durante a transmissão. Foi um crescimento de 43% na média do canal carioca.

O mesmo se repetiu no sábado (24), quando a Globo exibiu a partida entre Brasil e Holanda, válida pelo futebol feminino. De acordo com dados do PNT (Painel Nacional de Televisão), a emissora ganhou seis pontos na audiência, o que representou um aumento de 80% no ibope do canal. A Globo obteve média de 12 pontos, com 44% de participação.

Continua após a publicidade

Agora, os bons índices estão repercutindo também nas madrugadas. A final feminina do skate, que terminou com medalha de prata para a brasileira Rayssa Leal, rendeu à Globo 12 pontos de audiência em São Paulo e no Rio. Em ambas as praças, o número representa um crescimento de 50% na audiência da faixa de 0h19m às 01h40m, em relação às quatro últimas semanas.

As informações são da jornalista Patrícia Kogut, do jornal O Globo. Com isso, a Globo conseguiu sua maior média no PNT desde o final de março de 2020 entre 0h e 6h. Na época, o canal transmitia a 20ª edição do Big Brother Brasil, com um dos momentos mais aguardados pelos telespectadores do reality: o paredão entre Manu Gavassi e Felipe Prior.

Histórico, o confronto entre a cantora e o arquiteto conseguiu atrair quase a metade dos televisores ligados na Grande São Paulo, com um share de 49,7%. Exibido das 22h53 às 0h05, o BBB20 obteve média de 31,4 pontos no Ibope, e foi mais sintonizado do que a reprise de Fina Estampa, novela das 21h de Aguinaldo Silva transmitida na época.

A responsável pelo recorde foi a skatista Rayssa Leal, de apenas 13 anos. Ela conquistou a medalha de prata na modalidade skate street e se tornou a atleta brasileira mais jovem a conseguir uma medalha olímpica. Com apelido de “Fadinha”, ela era aposta do País no skate e não decepcionou, conquistado uma medalha. Nascida em Imperatriz, no Maranhão, a jovem repetiu o feito de Kelvin Hoefler, que também faturou a medalha de prata na modalidade masculina no domingo (25).

Tem alguma foto? print? vídeo? ou áudio de alguma fofoca? envie um e-mail para contato@portalemoff.com.br sua identidade será mantida no mais absoluto sigilo