Fechar
Polêmica

Globo tenta ‘jeitinho’ para inserir artistas sem DRT em suas produções

Emissora carioca está tendo problemas com o Sindicato dos Artistas por escalar pessoas sem registro

Bruno PintoRepórter do EM OFF

A Rede Globo está quebrando a cabeça para conseguir um jeito de simplificar a escalação de famosos para atuarem em sua produções. A emissora carioca está se envolvendo em uma grande polêmica ao tentar inserir artistas sem o DRT (Registro Profissional para atuação). Já são vários casos em que aspirantes a atores foram barrados pelo Sindicato dos Artistas.

Rafa Kaliman, que foi escalada para fazer parte do elenco da série “Rensga Hits!”, onde interpretará uma influenciadora digital que é fascinada pelo mundo sertanejo, terá seu destino como atriz discutido em breve. Isso porque o sindicato marcou uma reunião com diretores da GloboPlay para falar sobre a presença da ex-participante do “Big Brother Brasil” na nova produção.

Segundo informações divulgadas pela jornalista Fábia Oliveira, do jornal O Dia, Hugo Gross, que é o presidente do Sindicato dos Artistas, afirmou que a apresentadora não tem autorização para atuar, ou seja, não possui DRT. Ainda de acordo com Hugo, a comandante do “Casa Kaliman” sequer solicitou uma autorização emergencial para que possa participar da série.

“Até o momento a Rafa Kalimann não solicitou nenhum pedido de registro e tampouco pedido de autorização especial para que ela possa participar de algum produto de qualquer emissora de televisão. Em conjunto com o SATED São Paulo, nós do SATED Rio vamos fazer uma reunião com os sindicatos de todo o Brasil para que isso não aconteça e que a lei seja cumprida. Para que não seja tomado o espaço de um ator que está na luta, que está precisando trabalhar, principalmente nessa pandemia”, disse o presidente do sindicato.

Continua após a publicidade

Hugo Gross ressaltou que para ser ator é preciso muito mais do que simplesmente ter um rosto bonito. Ele ainda disse que número alto de seguidores em redes sociais também não serve de parâmetro para nada: “Não é porque a pessoa tem um rostinho bonito e não tem um registro que ela vai exercer a função. Não é porque a pessoa tem muitos seguidores nas redes sociais que ela já é atriz ou ator“.

O presidente do sindicato fez questão de explicar o que deve ser feito para alguém se tornar ator de verdade: “Para a carreira, você tem que estudar e se dedicar nas fases necessárias. Aí sim você estará apto a tirar o seu registro. Ou então se você tiver feito uma faculdade de Artes Cênicas ou tiver feito trabalhos até então. Existe a autorização especial para quem não tem ainda experiência, mas a empresa quer contratar. Mas isso é algo específico”.

Ex-BBB em Pantanal

Recentemente, uma outra ex-BBB acabou tendo seu registro profissional de atriz negado pelo sindicato. Já atuando como apresentadora e cantora, Juliette Freire não teve o mesmo sucesso em seu início como atriz. A advogada teria sido escalada para participar do remake da novela “Pantanal”, que deve estrear em 2022 na Globo, mas acabou caindo na exigência do DRT.

Esses não foram os únicos problemas da Rede Globo com o Sindicato dos Artistas. Um outro caso, acontecido há poucos dias, acabou pegando a emissora carioca de surpresa, pois estaria burlando algumas regras estabelecidas pelo sindicato ao contratar influenciadores digitais para atuar na novela teen “Malhação”.