Fechar
Falas Homofóbicas

Grupo protesta contra Sikêra Jr. na porta da RedeTV!

Eles usaram um carro de som para denunciar os crimes que o apresentador teria cometido

Bruno PintoRepórter do EM OFF

As falas homofóbicas ditas por Sikêra Júnior ainda continuam gerando muita revolta nas pessoas, principalmente naquelas que fazem parte da comunidade LGBTQIA+. Desde a polêmica causada pelo apresentador, durante o telejornal “Alerta Nacional”, Sikêra está sendo muito criticado. Desta vez, um grupo resolveu ir até a porta da RedeTV! para protestar contra o âncora.

Na tarde desta quinta-feira (27), a emissora de Amilcare Dallevo e Marcelo de Carvalho passou por uma situação complicada. Ainda sob efeito dos ataques homofóbicos feitos por um de seus apresentadores recentemente, a RedeTV! enfrentou um protesto que tinha como principal objetivo expor os crimes que o apresentador teria cometido.

Um caminhão com caixas de som e um telão, que apresentava diversas frases contra o apresentador, ficou parado em frente a sede da emissora paulista. Em uma das imagens exibidas na tela, Sikêra Júnior estava com uma tarja preta tapando seus olhos. No fundo, a bandeira com as cores do arco-íris e na faixa, a hashtag: #DESMONETIZASIKERA.

O protesto foi financiado por grupos que defendem os diretos da comunidade LGBTQIA+ e canais no Youtube que geram conteúdos para o público em questão. Dentre os autores do protesto está o Sleeping Giants Brasil, grupo que está empenhado em convencer empresas a pararem de patrocinar o apresentador e seu telejornal o conhecido canal no Youtube “Põe na Roda”.

Continua após a publicidade

Segundo os organizadores, o ato não foi divulgado para que não houvesse aglomeração, tendo em vista o número grande de casos de Covid-19 em todo o país. Com isso, eles preferiram fazer uma transmissão ao vivo por meio de suas redes sociais. Sendo assim, todos poderiam acompanhar e apoiar o protesto em segurança.

Leonardo de Carvalho, do grupo Sleeping Giants Brasil, demonstrou total preocupação, principalmente com empresas de peso que, mesmo após os ataques em rede nacional, ainda continuam patrocinando o apresentador e fazem questão de terem seus nomes associados a imagem do comunicador do “Alerta Nacional”.

“É extraordinário que tantas empresas já tenham se posicionado contra as falas de Sikêra Jr. e retirado seus patrocínios. Ao mesmo tempo, é preocupante e perigoso que empresas do porte de Caixa e Ultrafarma continuem financiando discursos de ódio em rede nacional”, disse.

O discurso de ódio dito por Sikêra teve consequências. Além de perder diversos patrocinadores importantes, o apresentador foi processado pelo Ministério Público. Após a repercussão negativa, o âncora tentou se desculpar ao vivo com os telespectadores pelo que disse, porém, afirmou que sua opinião “continua a mesma”.

Após o acontecimento, a RedeTV! preferiu ficar em silêncio durante cinco dias. Depois de muita cobrança, a emissora paulista resolveu se pronunciar e, por meio de uma nota oficial, disse que: “reprova veementemente todos os tipos de discriminação e preconceito. Nesse sentido, a RedeTV! vem a público manifestar condenação a qualquer expressão de homofobia. Queremos também agradecer a todos os nossos colaboradores por ajudarem a construir uma empresa cada dia mais forte e plural”.

Tem alguma foto? print? vídeo? ou áudio de alguma fofoca? envie um e-mail para contato@portalemoff.com.br sua identidade será mantida no mais absoluto sigilo