Fechar
'Arrasado'

Hater mostrado pela Globo acusa emissora de alterar teor da entrevista

O "hater profissional" que apareceu em reportagem do Fantástico neste domingo (05) se pronunciou e se defendeu

Danilo ReenlsoberRepórter do EM OFF

Anitta, Xuxa, Rafa Kalimann, Luísa Sonza, Whindersson Nunes… Apesar de todos eles serem artistas de ramos diferentes, uma coisa em comum os une: os frequentes ataques de haters na internet e nas redes sociais. Para falar sobre esse problema que aflige diversos famosos e também anônimos, o Fantástico deste domingo (05) exibiu uma reportagem especial tratando sobre o que leva a desconhecidos destilar ódio na internet.

Um dos haters ouvidos pela jornalista Renata Capucci, no entanto, não ficou satisfeito com o teor da reportagem e a repercussão que ela gerou. Em seu perfil no Twitter, o “hater profissional” identificado como “Geco” publicou um vídeo no qual “reage” à reportagem da revista eletrônica da Globo. “Sabia que iam me colocar como criminoso“, revoltou-se.

Em julho, Renata Capucci compartilhou em suas redes sociais que buscava um hater, “alguém que posta comentários ofensivos e que não tem medo de dizer o que faz e por que faz“. Na reportagem de ontem, a jornalista disse que, para seu espanto, recebeu centenas de indicações de perfis que se enquadravam nesses requisitos, disseminando ódio na internet.

Na matéria do Fantástico, foram ouvidos dois haters, uma mulher e um homem. Foi o hater masculino que se pronunciou na internet. No seu perfil, ele escreveu que está “arrasado” e que “não compactua com nada” do que foi mostrado na reportagem. Ainda no post, ele disse que a Globo alterou o teor da entrevista e que vai “lutar pela verdade”.

Continua após a publicidade

Na mesma postagem, ele compartilhou um vídeo no qual dá sua versão sobre a reportagem mostrada. “O importante é que Deus conhece meu coração, eu jamais falaria isso [discurso de ódio], a não ser alguém que me faça mal. Eu falo mesmo, é o meu jeito, eu xingo… Não saiu quase nada do que eu disse. Eu tô arrasado. Não tô com vontade de entrar no Twitter. Não esperava essa entrevista, desse jeito“.

Muitos seguidores, no entanto, não se sentiram abalados com o desabafo do hater. “Moço, procura tratamento. Isso vai te ajudar muito, provavelmente você está sofrendo e acaba fazendo isso“, disse a internauta Danielle, também no Twitter. “Realidade: comete crime o tempo todo aqui nesse site e ainda se orgulha disso“, respondeu a usuária chamada Hermione Belmiro.

Ataques raivosos

Na reportagem, a apresentadora Xuxa foi uma das entrevistadas. Ela falou à Renata Capucci o que leva pessoas desconhecidas a ataques raivosos na internet. “Inveja, primeiro. Depois, acho que são pessoas mal-amadas”, disse a loira, que lida frequentemente com os haters nas redes sociais. A matéria também mostrou o exemplo de Gretchen, que responde os ataques que recebe no Instagram.

O ideal é não responder ao hater”, afirmou o psicólogo Yuri Busin, ouvido pela reportagem do Fantástico. Ele explica que o rebuliço causado por uma resposta reforça a necessidade de o hater continuar fazendo aquilo, porque ele começa a sentir que tem poder. A reportagem ainda mostrou o depoimento da cantora Walkyria Santos, que recentemente perdeu um filho devido à ataques de ódio nas redes sociais.

Tem alguma foto? print? vídeo? ou áudio de alguma fofoca? envie um e-mail para contato@portalemoff.com.br sua identidade será mantida no mais absoluto sigilo