Fechar
Indignada

Inconformada com o caso de agressão, Sonia Abrão detona DJ Ivis

Apresentadora não poupou palavras para descrever o que estava pensando

Bruno PintoRepórter do EM OFF

Na tarde desta quarta-feira (14), Sonia Abrão não conseguiu se conter e falou tudo o que estava entalado na garganta a respeito do caso de agressão envolvendo Iverson de Souza Araújo, mais conhecido como DJ Ivis, e Pamella Holanda, sua ex-esposa.

O vídeo divulgado mostra claramente o DJ agredindo sua mulher com socos, tapas em empurrões. Toda a brutalidade aconteceu na frente da filha de apenas 9 meses e foi presenciada pela mãe de Pamella, além de um funcionário de Iverson, que nada fizeram para impedir a situação.

Após a divulgação das imagens publicadas pela própria vítima, o caso vem ganhando grande repercussão nacional, despertando o interesse e ao mesmo tempo muita revolta nas pessoas. E com a jornalista Sonia Abrão não foi diferente.

Indignada com a situação, a apresentadora do programa “A Tarde é Sua” questionou até mesmo as leis pertinentes ao tema.

A gente [mulheres] vai ter que conviver com isso até quando? Quando é que o Congresso vai se empenhar nessa luta da defesa da mulher, de nós brasileiras. Porque em outros países esse tipo de coisa acontece, mas não como uma calamidade pública. Quando esse tipo de coisa acontece lá, as pessoas são severamente punidas. Existe no mínimo um controle sobre esse tipo de situação“.

Sonia continuou falando sobre o assunto e citou diversos casos de violência contra a mulher que ocorreram em pouquíssimo tempo no Brasil.

Aqui [no Brasil] é um banho de sangue, é um banho de violência. São crianças órfãs, são crianças que morrem junto com a mãe ou que presenciam o assassinato da mãe. A gente vê o caso recente, no dia de Natal, onde um cara foi lá e matou a mulher na frente de três filhas“.

Em um determinado momento do discurso, a jornalista voltou ao caso e chamou o DJ de covarde:

Ali já estava num ponto crítico dessa história. Pra mim, olhando essas imagens, faltava pouco para um outro tipo de desfecho, para essa mulher perder a vida nas mãos desse covarde, nas mãos desse homem que não merece ser classificado como ser humano“.

Sonia ficou indignada com a forma que o crime chegou até as autoridades.

Agora isso chega as autoridades, e vem ser classificado como lesão corporal e não de tentativa de homicídio, é uma vergonha! Vergonha! É uma covardia também do lado das autoridades. E agora os responsáveis pelas criações dessas leis, vão se omitir até quando? Vão se basear em teorias muito evoluídas para a questão que a gente vive agora? Essa é a evolução da lei que a gente vive em nosso país?”.

A apresentadora finalizou falando novamente sobre as leis e deixou bem claro o seu ponto de vista: “A lei exige que todo mundo tenha direito a defesa. Vai se defender na cadeia! Vai se defender já sendo retirado da sociedade!“.

Tem alguma foto? print? vídeo? ou áudio de alguma fofoca? envie um e-mail para contato@portalemoff.com.br sua identidade será mantida no mais absoluto sigilo