Fechar
PRA JÁ!

Insatisfeito, Roberto Kovalick pede mudanças no ‘Hora 1’

O jornalista não perdeu tempo e solicitou uma atenção a mais da Rede Globo, que já esta analisando o pedido feito pelo âncora

Bruno PintoRepórter do EM OFF

Se 2021 ficou marcado pelas diversas mudanças promovidas pela Rede Globo, tanto na programação quanto no time de apresentadores, em 2022 não será muito diferente. Com algumas alterações previstas para ocorrerem em breve, a emissora dos Marinho terá que fazer uma outra, que não estava nos planos, na tentativa de agradar Roberto Kovalick, que já demonstrou insatisfação com o “Hora 1”.

O jornalista reclamou com os executivos da emissora carioca que as duas horas diárias que o telejornal possui na grade atualmente ainda não são suficientes e pediu mais. Segundo informações divulgadas pelo portal Tv Pop, a Globo não só escutou a queixa de Kovalick, como já está estudando uma maneira de ceder o espaço a mais na programação conforme solicitado pelo âncora.

Além de apresentar o ‘Hora 1’, Roberto também é editor-chefe da atração jornalística, o que o torna um profissional mais relevante ainda internamente. Sendo assim, o jornalista não medirá esforços e fará de tudo para conseguir ter o seu desejo atendido pela emissora dos Marinho. A ideia de Kovalick é que, começando às 3h da manhã, a performance do telejornal será melhor do que a atual.

Ainda de acordo com o site, Roberto é um profissional que não faz questão alguma de esconder de sua equipe o quanto fica atento a outros fatores que vão muito além de comandar noticiário. Para não perder nenhum detalhe dos números e resultados que seu telejornal vem alcançando, Kovalick confere constantemente os índices de audiência minuto a minuto do “Hora 1”.

Continua após a publicidade

E não parou por aí, longe disso. Alem de pedir um tempo a mais na grade da Rede Globo, o jornalista solicitou que monitores sintonizados nas emissoras concorrentes estejam a seu alcance para que consiga acompanhar na íntegra tudo o que está acontecendo na programação rival, principalmente no SBT, que está deixando o âncora com uma pulga atrás da orelha diante dos bons resultados conquistados pela reprise do “SBT Brasil”.

O jornalista está mesmo empenhado em transformar o “Hora 1”, tendo em vista que outras mudanças já haviam sido solicitadas e prontamente atendidas pela Globo. Essa não foi a primeira vez que Kovalick reclama com a direção da emissora. Recentemente, ele deixou bem claro que não estava nada satisfeito com os baixos investimentos e foi, aos poucos, modificando o noticiário em diversos aspectos.

Para conseguir dar conta da difícil missão de apresentar um telejornal que vai ao ar antes do dia amanhecer, Roberto Kovalick revelou sua rotina um tanto quanto incomum: “Acordo às 23h e tomo café às 23h30. Chego no estúdio à meia-noite e finalizo algumas pendências como editor-chefe até entrar ao vivo, às 4h. Saio de lá por volta das 7h e, às 8h, almoço, com bife e tudo. Já o jantar é ao meio-dia. Logo depois, passo a usar óculos escuros dentro de casa para simular o entardecer e enganar o cérebro, para dormir às 15h”, disse o jornalista em entrevista ao jornal Extra.