Fechar
vice-líder

‘Jornal da Record’ alcança marca histórica no ibope e bate recorde

Jornalístico assegurou a vice-liderança isolada ao marcar melhor média nos últimos dez anos

Danilo ReenlsoberRepórter do EM OFF

O Jornal da Record, atração comandada por Christina Lemos e Celso Freitas, bateu recorde histórico na audiência no ano de 2021 e alcançou sua melhor marca no ibope dos últimos dez anos, de acordo com dados do PNT (Painel Nacional de Televisão). Só no primeiro semestre do ano, o crescimento foi de 40%, assegurando o jornalístico na vice-liderança isolada.

Segundo o colunista Flávio Ricco, do portal R7, o Jornal da Record fechou 2021 com 8,8 pontos de média, a sua melhor marca em uma década no PNT, que soma os índices das 15 principais praças. Na Grande São Paulo, o índice foi ainda melhor: a atração marcou 9,4 pontos de média e 14% de share (ou seja, a quantidade de televisores sintonizados). No Rio de Janeiro, a média foi de 8,3 pontos com 13% share.

No dia 15 de dezembro, por exemplo, o Jornal da Record, o jornalístico apresentado das 19h55 às 21h, marcou 10 pontos de média na Grande São Paulo, alcançando 11 pontos de pico e share de 15%. No mesmo horário, a emissora de Silvio Santos cravou 7 pontos de média, ficando na terceira posição na briga pela preferência do telespectador.

Os números acompanharam um crescimento já registrado no primeiro semestre do ano. De acordo com o portal Comunique-se, entre os meses de janeiro a julho, o telejornal da Record teve crescimento de 41% na média e 30% na participação do público, com relação ao ano anterior. A alta na audiência ajudou a emissora de Edir Macedo a manter a vice-liderança, à frente do SBT.

Continua após a publicidade

Ainda de acordo com o portal, o Jornal da Record marcou 8,8 pontos de média nos seis primeiros meses de 2021, com share de 13,4%. Em 2020, a marca obtida no mesmo período foi de 6,3 pontos e 10,3% de share. Já o SBT, terceira colocada no ranking da audiência, obteve 5,7 pontos de média no mesmo horário. Em São Paulo, a média alcançada foi de 9,2 pontos, enquanto o terceiro lugar registrou 6,3.

O jornalista Celso Freitas, um dos âncoras da atração, retornou ao telejornal em agosto do ano passado, após ser afastado devido ao diagnóstico positivo de Covid-19. Ele deixou a bancada ainda em 2020, no início da pandemia, e só voltou ao trabalho presencial depois de receber as duas doses da vacina. Na época, ele concedeu entrevista ao Notícias da TV e falou da felicidade de retornar.

Estou feliz e confiante em retornar ao que sempre fiz na vida. Mesmo em casa, não abandonei o hábito de me inteirar das notícias. Só não cumpri o ritual diário de fazer a barba, vestir o terno e ir para a bancada. Mas agora, na volta à redação, tenho que observar todas as recomendações e cuidados de biossegurança“, disse, na ocasião. “Felizmente, o número de pessoas vacinadas cresce sempre, e o número de casos vem caindo“.