Fechar
OCORREU EM DEZEMBRO DE 2021

Jornalista demitida da Jovem Pan por causa de chocolate alfineta emissora

Mariana Fanti acabou sendo demitida da emissora de Tutinha após comer chocolate enquanto apresentava um telejornal

Bruno PintoRepórter do EM OFF

No final do ano passado, um caso acabou ganhando grande repercussão no mundo televisivo e nas redes sociais pela forma com que ocorreu e também pela consequência dele. Mariana Fanti estava apresentando um telejornal na Jovem Pan, quando resolveu comer um chocolate enquanto uma reportagem era exibida. Porém, a jornalista não sabia que, na verdade, era a sua imagem que estava sendo transmitida.

Diante do caso ocorrido no dia 23 de dezembro, em meio aos plantões de fim de ano, a emissora não deixou o episódio barato e fez questão de demitir a apresentadora. Em entrevista ao portal TV Pop, a jornalista revelou detalhes de sua saída do canal de notícias e também os motivos que a levaram a comer um pedaço de chocolate durante apresentação do “Jornal da Manhã Segunda Edição”.

Mariana contou que duas semanas após o episódio foi informada sobre a demissão: “Em 4 de janeiro, eu fui chamada pelo Chefe de Redação, que estava acompanhado por um representante do RH da empresa, e me informaram que eu estava sendo demitida por conta do incidente com o chocolate. Eu questionei se havia outro motivo que tivesse contribuído para a minha demissão, e fui informada que não havia nada que desabonasse o meu trabalho”.

A ex-contratada da Jovem Pan revelou que só comeu o chocolate, pois estava se sentindo mal fisicamente em decorrência da grande quantidade de horas que havia trabalhado naquele dia: “Naquele dia eu havia comandado a primeira edição do Jornal da Manhã, que começa às 6h. Estava no ar há muitas horas ininterruptamente. Eu me senti fraca, com tontura, e comi um pedaço de chocolate para ter um ganho de energia”.

Continua após a publicidade

A jornalista afirmou que só foi notar que estava no ar quando se viu na tela do celular. Assim que pode, conversou com seus superiores, que pareciam ter compreendido o ocorrido: “Eu não sabia que estava no ar. Percebi apenas alguns segundos depois, quando voltei a olhar para o meu celular, e vi minha própria imagem comendo. Foi aí que eu me dei conta de que a imagem que eu acompanhava estava com delay e que a câmera estava aberta em mim”.

Por fim, Mariana não perdeu a oportunidade e aproveitou para alfinetar sua antiga emissora. A jornalista revelou que passou por momentos complicados por conta de erros da produção: “Em alguns momentos realmente ficava perceptível para quem acompanhava a programação que ficávamos na mão, ao vivo, por conta de falhas técnicas. Às vezes, com certa habilidade, conseguíamos disfarçar, mas em outros momentos não era possível — como chamar um repórter e entrar outro”.

A jornalista concluiu dizendo que em meio aos inúmeros deslizes cometidos pela equipe técnica da Jovem Pan, o âncora é quem acaba sendo o mais prejudicado: “A todo momento somos guiados por toda uma operação que funciona por de trás das câmeras. E muitas vezes quem assiste não tem esse conhecimento. Nestes momentos, infelizmente quem leva a pior é quem está com o rosto em frente às câmeras”.