MAIS VOCÊ

Juliano Cazarré revela ataques após se assumir católico: ‘Pedradas’

No "Mais Você", o artista falou sobre o casamento, os próximos acontecimentos de "Pantanal" e sua relação com a religião

Danilo Reenlsober
Repórter do EM OFF

O ator Juliano Cazarré, que vive o peão Alcides na novela “Pantanal”, participou do “Mais Você”, apresentado por Ana Maria Braga, na manhã desta segunda-feira (25), e falou sobre a vida pessoal e profissional. Na atração matinal da TV Globo, o artista falou sobre o casamento com Letícia Cazarré, os próximos acontecimentos do folhetim e sua relação com a religião.

Na conversa com Ana Maria, Juliano Cazarré afirmou que têm recebido muitas críticas após se assumir católico. O ator, que é casado desde 2011 com Letícia, realizou um de seus grandes sonhos em 2019: representar Jesus Cristo no espetáculo da Paixão de Cristo em Nova Jerusalém (PE), uma das maiores encenações da Paixão e Morte de Jesus ao ar livre do mundo.

“Todo ser humano tem um buraco dentro de si e esse buraco tem o formato de Deus, só Deus pode ocupar esse lugar. Tem uma coisa no nosso coração, um espaço, que só cabe Deus. Você pode tentar preencher isso com riqueza, com fama, com emprego, com sucesso, inclusive com várias outras coisas do mundo, mulheres, carros… Nada vai caber ali. Ali só cabe Deus. Enquanto você não preenche esse lugar, todas as outras coisas ficam faltando alguma coisa”, disse o ator.

Em seguida, Cazarré comentou sua relação com a Igreja Católica. “Tem sido muito boa essa caminhada, não é uma caminhada fácil em se assumir católico no meio artístico, as pessoas estranham muito, eu levo umas pauladas de vez em quando. Quando eu voltei pra igreja católica, já faz alguns anos, falei ‘Que legal, estou voltando pra igreja do Brasil, vou receber muito carinho’, mas recebo cada paulada, cada pedrada”, revelou.

Diante a fala do ator, Ana Maria se surpreendeu. “Jura?”, questionou a apresentadora. Juliano Cazarré disse, então, que muitas pessoas têm ideias erradas a respeito do catolicismo. “Ai que a igreja é isso, que a igreja é aquilo, as vezes [as pessoas têm] ideias que são de fora da igreja. ‘Cara, mas isso não é da igreja, isso é o que te falaram da igreja`, digo”, explicou o famoso.

Na semana passada, Cazarré concedeu uma entrevista ao jornalista Pedro Bial e desabafou sobre o estado de saúde da sua filha mais nova, Maria Guilhermina, que tem Anomalia de Ebstein, uma cardiopatia congênita rara. “Ela é um milagre”, afirmou o artista durante o programa “Conversa com Bial”. O parto teve de ser adiantado para que ela pudesse fazer uma cirurgia para atenuar o problema.

A cirurgia de Maria Guilhermina foi considerada um sucesso. Ela recebeu alta da UTI (Unidade de Terapia Intensiva) na semana passada. “Ela é um milagre Bial. Ela tinha quase 100% de chance de óbito. Eu fiquei até com um pouco de vergonha de ser ator depois do que eu vi eles [médicos] fazendo com a minha filha. Isso que é profissão, não é brincadeira”, disse Juliano Cazarré.