Fechar
Polícia na Fazenda

Marcos Palmeira é alvo de investigação por suposto crime ambiental

Alessandro Lo-Bianco, do “A Tarde é Sua”, obteve Boletim de Ocorrência sobre a investigação policial

Paulo Henrique LimaRepórter do EM OFF

Protagonista de “Pantanal”, Marcos Palmeira está no olho do furacão. Isso porque o ator, de 58 anos, responde uma ação no Juizado Especial Criminal da comarca de Teresópolis, no Rio de Janeiro, por supostamente “promover poluição de natureza” com as atividades da sua Fazenda. A informação é do colunista Alessandro Lo-Bianco e foi dada no “A Tarde é Sua” desta segunda-feira (6).

Segundo Boletim de Ocorrência em que o jornalista teve acesso, o ator global responde a ação aberta dia 2 de abril como tipificação, mas a ocorrência em si teria sido aberta dia 29 de janeiro e corresponde a “Sanções Penais e Administrativas ao Meio Ambiente” após uma vistoria policial na fazenda Vale das Palmeiras.

Em uma passagem pelas proximidades da Estrada Teresópolis-Friburgo, no bairro de Sebastiana, na Região Serrana do Rio, agentes da Polícia Militar teriam notado funcionamento de produção de laticínios. Em uma vistoria realizada no final do primeiro mês do ano, decidiram apurar supostos crimes ambientais. A ocorrência segue em andamento e não tem previsão para ser concluída.

O documento obtido pelo profissional do programa vespertino da RedeTV! aponta que os policiais foram recebidos pelo gerente de produção de laticínios da Fazenda, o sr. Alvino Lucas de Oliveira. Após análise de documentos, foi constatado que não havia licença para fabricação de produtos de laticínios local. Um pedido de licenciamento na Prefeitura de Teresópolis foi apresentado no ato da fiscalização.

Continua após a publicidade

Na Delegacia de Polícia, o funcionário de Marcos Palmeira contou que foi solicitado a licença ambiental para a produção de laticínio na Secretaria do Meio Ambiente de Teresópolis, mas até o momento a autorização não havia sido concedida. Existe também apuração sobre captação de agua dos lagos. Em depoimento, o gerente contou que já estaria fazendo um georreferenciamento da propriedade para que fosse concedida a exploração na Fazenda do contratado da Globo.

A Polícia ouviu Marcos Palmeira sobre supostas irregularidades na propriedade rural. Um laudo pericial para análise das supostas irregularidades foi feito e anexado no processo. O ator, que está na região pantaneira do Mato Grosso do Sul gravando a sequência de “Pantanal”, ainda não se pronunciou sobre o vazamento do processo.

O protagonista da novela de Bruno Luperi confirmou que quando comprou a fazenda já havia uma produção artesanal de laticínio e que aumentou a mesma tempo depois. O ator disse cumprir com as exigências das autoridades e incluiu a empresa no programa do Governo do Estado, chamado Prosperar, mas que o licenciamento ambiental não estava dentre as exigências.