Fechar
POSICIONAMENTO

Maria Beltrão se irrita com Bolsonaro e fake news ao vivo: ‘Agressão’

Maria Beltrão, apresentadora do Estúdio I, não se conteve e rebateu as afirmações de um deputado que defendeu Bolsonaro ao vivo na GloboNews

Adriel MarquesRepórter do EM OFF

Maria Beltrão, apresentadora da GloboNews, se exaltou ao vivo com o deputado Ricardo Barros (PP-PR). A jornalista durante o bate-papo com o líder do governo na Câmara, fez diversos comentários que deixaram o parlamentar visivelmente sem graça. O convidado tentou defender o presidente Jair Bolsonaro quando questionado sobre a demora na compra das vacinas.

“Se me permite, deputado, essa questão de dizer que havia um problema legislativo, que Bolsonaro realmente tinha a intenção de comprar vacinas. O presidente, se tivesse vontade, poderia comprar vacinas em julho. Teria conversado com o Congresso, feito uma medida provisória. Enfim, essa história, com toda sinceridade, isso aí é uma agressão à nossa inteligência”, disparou Maria Beltrão ao vivo na GloboNews.

Ainda à frente do “Estúdio I”, Maria Beltrão alfinetou Ricardo Barros e falou sobre a vacina da Pfizer: “Ô deputado, essa questão de dizer que havia um problema legislativo, se o presidente tivesse realmente a intenção de comprar a Pfizer lá atrás. Eu me lembro que hoje o diretor da América do Sul, naquela época diretor da Pfizer no Brasil, falou em entrevistas pra gente: ‘Olha, a gente já tem tudo’. ‘Mas tem problema na temperatura, só que temos como resolver’. Lá atrás, tô falando de julho do ano passado”.

O clima pesou quando Beltrão fez um discurso forte, se posicionando contra as afirmações de Barros durante a transmissão do programa no canal fechado, pertencente ao Grupo Globo: “Se você comparar presidentes e governantes que quiseram comprar vacina com a postura do nosso presidente, o senhor vai ver que isso não faz sentido”.

Continua após a publicidade

De forma educada, Maria Beltrão se desculpou com o parlamentar e mesmo assim continuou alfinetando o convidado: “O senhor está falando de uma discussão de iniciativa privada, que era absolutamente secundária, não está destacando o que tinha que ter sido destacado desde o meio do ano passado, já com a pandemia em curso. O senhor me perdoe, essa é a minha posição”.

Ricardo Barros tentou explicar, porém, sem sucesso: “Eu respeito seu ponto de vista. Mas, de fato, não era possível comprar sem a lei autorizativa”. Maria Beltrão retrucou: “Bem, não houve esforço”. O desconforto entre a âncora, o deputado e os convidados no cenário ficaram nítidos. Não é a primeira vez que situações do tipo acontecem na GloboNews.

Durante a CPI da COVID, ainda sobre a vacina, o deputado Ricardo Barros acusou os senadores de atrasarem negociações: “O mundo inteiro quer comprar vacinas, e eu espero que esta CPI traga bons resultados para o Brasil, produza um efeito positivo para o Brasil, porque o negativo já produziu muito, afastou muitas empresas interessadas em vender vacina ao Brasil, que não se interessam mais”.

Na GloboNews, a comunicadora Maria Beltrão já passou pelo Entre Aspas, Almanaque, GloboNews em Pauta, Pelo Mundo, Jornal das Dez, Jornal da GloboNews e agora comanda o Estúdio I. Na Globo já cobriu o Oscar e esteve em diversos jornalísticos como RJTV, Bom Dia Brasil e Jornal Nacional.

Tem alguma foto? print? vídeo? ou áudio de alguma fofoca? envie um e-mail para contato@portalemoff.com.br sua identidade será mantida no mais absoluto sigilo