Fechar
Carnaval

Musa exposta pela RedeTV! no Carnaval promete processar a emissora

Ju Isen teve depressão e se afastou do Carnaval após virar piada nacional

Paulo Henrique LimaRepórter do EM OFF

Ju Isen ainda não esqueceu o Carnaval de 2017, quando concedeu entrevista à RedeTV! no programa “Bastidores do Carnaval” e acabou mostrando o ânus ao vivo para todo o Brasil. Cinco anos se passaram desde a situação que a fez virar chacota, mas a musa ressurgiu para afirmar que pretende processar a emissora de Amilcare Dallevo Jr. e Marcelo de Carvalho.

Fora da folia, que pela primeira vez acontece em abril devido a crise sanitária, a modelo deseja ter uma retratação pública pelo canal. O processo ainda não tem data para ocorrer, mas a musa garante não querer dinheiro com a ação preparada contra a concorrente da Band. À época do ocorrido, ela usava uma pintura corporal com desenhos que reproduziam a bandeira do Brasil.

“Penso em retomar o processo, sim. Não pelo dinheiro, porque não tenho do que reclamar nesse aspecto, mas porque eu gostaria de uma retratação pública. Até hoje eles nunca se desculparam pelo que fizeram comigo”, desabafou a modelo em entrevista ao jornalista Luciano Guaraldo, do site Notícias da TV.

À publicação, Ju Isen acusa a emissora de forçá-la a criar a situação constrangedora. Segundo ela, a repórter Lé Aquilla teria pedido para agachar ao vivo mesmo sabendo que a “roupa” era uma pintura. A famosa não usava tapa-sexo corretamente e só teve noção da repercussão negativa da participação na TV aberta após ter sido alertada por amigos e olhares controversos no Sambódromo do Anhembi, em São Paulo.

Continua após a publicidade

“Era um programa ao vivo, sem roteiro, eu estava sendo solícita com a emissora e me pediram para agachar. Eu não queria, deixei bem claro, mas pediram outra vez. De frente, de costas, mais de uma vez, e a câmera ainda veio de baixo para cima… Eu nem percebi que o rapaz que fez minha pintura corporal não tinha colocado o tapa-sexo adequadamente, não me atentei a nada daquilo. Fiquei apavorada depois que vi a repercussão, uma coisa tão agravante”.

O “Bastidores do Carnaval” foi comandado por Flávia Noronha, hoje contratada do “Programa Raul Gil”, do SBT, e Nelson Rubens. Um ano após o ocorrido, Ju Isen ficou de fora da folia para tratar depressão desenvolvida com a exposição e as piadas do público. Em desabafo nas redes sociais, ela disse que recebeu convites para desfilar, mas optou por cuidar da saúde mental.

“Fiquei frustrada com tudo o que se sucedeu. Estou com o coração partido. Assisti ontem e me senti lá, fiquei triste, mas quis me distanciar. O presidente da Nenê de Vila Matilde me chamou para uma reunião mas eu rejeitei. Quis fazer outras coisas, estar com as minha família”.