Fechar
Programa de TV

No ‘Encontro’, Rodrigo Sant’Anna revela planos com o marido

Ator foi o convidado do programa desta terça-feira (20)

Bruno PintoRepórter do EM OFF

Na manhã desta terça-feira (20), o ator Rodrigo Sant’Anna foi o convidado de Patrícia Poeta no “Encontro”, matinal da Rede Globo. O humorista permaneceu durante toda a edição da atração e conversou sobre diversos assuntos com a apresentadora, inclusive sobre sua vida pessoal.

Logo no início do programa matinal, Rodrigo caiu na dança com Patrícia. Ao falar de um vídeo que viralizou na internet, no qual um grupo de trabalhadores começaram a dançar no meio da rua, enquanto faziam seus trabalhos, os dois também caíram no rebolado.

Patrícia entrevistou os homens que foram filmados e conversou sobre o que os motivou a dançar daquele jeito durante o trabalho. Ao lado da apresentadora, o ator também conversou e opinou sobre a alegria da vida ao ter atitudes como aquela abordada.

Ao som de Barões Pisadinha, tanto os trabalhadores que foram entrevistados remotamente, quanto Patrícia e Rodrigo, não pensaram duas vezes e começaram a dançar ao vivo, no palco do “Encontro”. A apresentadora chegou a se divertir com um boneco uniformizado como os trabalhadores do vídeo.

Já no final do programa, a apresentadora perguntou ao ator sobre planos em sua vida profissional e sobre o seu casamento com o roteirista Júnior Figueiredo. Rodrigo disse que tem um plano, ainda em fase de planejamento, de fazer algo abordando o mundo de pessoas gays, lésbicas e trans, algo que mude o rumo das histórias, que sempre abordam as mesmas coisas.

A gente queria coisas mais plurais e acho que a gente tem pouco espaço para esse segmento“, disse o ator.

Patrícia relembrou quando Rodrigo Sant’Anna teve Covid-19 e seu marido sempre atualizava os fãs com notícias do ator. Rodrigo Sant’Anna falou de seu relacionamento com Júnior e fez uma breve reflexão sobre o preconceito que ainda é praticado com casais gays.

O amor consegue, até de algumas maneiras, se blindar. Porque, infelizmente, nos dias de hoje, uma relação gay ainda é vista com muito preconceito e isso é algo que nos entristece, não por mim, que de certa forma ainda tenho alguns privilégios por ser ator, mas pelas pessoas que vivem situações degradantes e isso é muito triste. É hora da gente colocar a mão na consciência e entender que amor é amor“.

Tem alguma foto? print? vídeo? ou áudio de alguma fofoca? envie um e-mail para contato@portalemoff.com.br sua identidade será mantida no mais absoluto sigilo