Fechar
AO VIVO

No ‘Mais Você’, Douglas Silva relembra perrengue com Oprah Winfrey

O terceiro colocado do “Big Brother Brasil 22” revelou detalhes da conversa que teve com a apresentadora durante o Emmy

Bruno PintoRepórter do EM OFF

A vigésima segunda edição do “Big Brother Brasil” chegou ao fim nesta terça-feira (26). Enquanto Arthur Aguiar foi consagrado o grande campeão da temporada, Paulo André ficou em segundo lugar e Douglas Silva foi o terceiro colocado na disputada briga pela preferência dos telespectadores. Ainda assimilando tudo o que ocorreu, P.A e D.G foram os convidados especiais do programa “Mais Você”.

Na manhã desta quinta-feira (28), durante o famoso café da manhã com Ana Maria Braga, os finalistas do “BBB22”, além de falar sobre suas trajetórias no reality show, comentaram curiosidades sobre carreira e ainda revelaram alguns perrengues que passaram ao longo dos anos com as profissões. Ao ser questionado pela apresentadora da atração matinal da Rede Globo, Douglas a surpreendeu com um relato.

Ao comentar suas passagens por filmes que fizeram grande sucesso em todo o país, D.G foi questionado por Ana Maria: “Teve uma época em que você foi para Nova Iorque para concorrer ao Emmy, que é considerado o Oscar da televisão mundial. Lá, você tirou uma foto ao lado de uma mulher que eu admiro muito, que é a apresentadora Oprah Winfrey. Ela te falou alguma coisa naquele dia? Você se lembra?”.

Sem papas na língua, o ator não escondeu os detalhes da conversa que teve com uma das maiores apresentadoras de TV do mundo e brincou: “Ela, com certeza, falou algo pra mim. O problema é que eu não entendi nada, porque eu não falava em inglês. Esse foi um grande problema. Eu não tinha um ponto no ouvido, traduzindo simultaneamente e me dizendo o que ela estava falando para mim”.

Continua após a publicidade

O terceiro colocado do “BBB22” revelou que, na época em que se encontrou com Oprah, não tinha conhecimento da língua inglesa e sequer conseguiu improvisar, tendo que repetir as poucas palavras que conhecia: “Eu só entendi que ela dizia que o nome dela era Oprah. Provavelmente ela falou algo do gênero. Mas, naquele momento, eu só fiz assim: ‘Hi, nice to meet you’ e já estava tudo certo”.

Porém, nem mesmo o grande empecilho causado pelo idioma foi capaz de diminuir a felicidade de Douglas diante do momento tão especial: “O importante mesmo é que eu consegui tirar a foto com esse ícone e eu amo esse registro. Lá estava eu com a minha medalha, que continua muito bem guardada lá em casa. Eu sou muito feliz por isso e por tudo mais que já aconteceu comigo”.

CIDADE DOS HOMENS

O ator relembrou do retorno da dupla Laranjinha e Acerola à TV e do grande resultado da série para sua carreira: “Esse foi um trabalho que o Brasil conseguiu acompanhar o meu crescimento dentro da televisão. No início, eu tinha doze anos, o mesmo tempo em que fiquei sem aparecer nas telinhas. Quando voltei, os fãs ficaram felizes com o retorno. Foi muito importante também, pois fui indicado ao Emmy, algo que não esperava”.