Fechar
Novos Casos

Pandemia ainda afeta emissoras de TV e paralisa gravação de série

Diante do grande número de casos, a Rede Globo decidiu suspender as filmagens da série “Rio Connection”. Nicolas Prattes testou positivo

Bruno PintoRepórter do EM OFF

Embora a pandemia do novo coronavírus tenha perdido muita força nas últimas semanas, diversos casos da doença voltaram a preocupar a população, principalmente após a descoberta de uma nova variante que já matou inúmeras pessoas pelo mundo. Em meio a esse cenário, algumas emissoras de TV brasileiras voltaram a ser afetadas pelo vírus e precisaram até suspender gravações.

Após sofrer com a paralisação em suas atividades, diversas emissoras voltaram a rotina, mesmo tendo que seguir uma série de protocolos de segurança, como a obrigatoriedade de vacinação e a realização de PCR. Porém, indo na contramão dos últimos dados divulgados, indicando uma grande redução no número de casos, a Rede Globo e a ESPN tiveram que afastar diversos funcionários após testarem positivo para a Covid-19.

Na emissora dos Marinho o caso foi tão grave, que foi necessário paralisar as gravações da série Rio Connection, que tem Marina Ruy Barbosa como protagonista, em decorrência da doença. Ao todo, dez pessoas da equipe foram diagnosticadas e os executivos da emissora carioca não pensaram duas vezes antes antes de suspender as filmagens da série baseada em fatos reais.

Segundo informações divulgadas pela jornalista Patrícia Kogut, do jornal O Globo, o ator Nicolas Prattes está entre os colaboradores que acabaram sendo contaminados pelo vírus e foi imediatamente afastado junto aos demais integrantes da equipe. As gravações, que estavam ocorrendo normalmente nos estúdios da emissora dos Marinho, só deverão ser retomadas a partir de janeiro.

Continua após a publicidade

Em decorrência dos casos de Covid-19, que pegaram todos de surpresa na Rede Globo, a produção de Rio Connection, que já vinha sendo alvo de críticas de diversas pessoas nos bastidores em decorrência de atrasos, precisará mudar seus planos. A filmagens, que estavam previstas para serem finalizadas ainda neste mês, sofrerá um novo atraso por conta dos casos de Covid-19.

Assim como a Rede Globo, a Disney também também acabou sendo afetada pelo vírus e, mesmo criando rígidos protocolos de segurança para colocar suas atrações no ar, não impediu a disseminação da doença em suas dependências. De acordo com o jornalista Flávio Ricco, do portal R7, diversos colaboradores que fazem parte do canal ESPN testaram positivo para o novo coronavírus.

Ainda segundo o colunista, o canal esportivo resolveu afrouxar ainda mais as regras e aumentou o números de encontros entre as equipes e o resultado não demorou muito tempo para surgir. O jornalista revelou que inúmeros funcionários testaram positivo para a doença e precisaram ser afastados de forma imediata de suas atividades na empresa.