Fechar
NOVAS REGRAS

Para evitar ‘vazamentos’, Globo declara guerra ao Twitter

Embora a alta cúpula da emissora dos Marinho tenha afrouxado um pouco as regras, confirmou que vai permanecer em cima

Bruno PintoRepórter do EM OFF

Os executivos da Rede Globo sempre dão um jeito de criar formas para conseguir impedir que perfis nas redes sociais compartilhem imagens e vídeos de algumas de suas atrações, principalmente do “Big Brother Brasil”. Querendo evitar que as pessoas utilizem as redes como a principal fonte de informação sobre o reality show, a emissora dos Marinho promete ficar em cima de todo o conteúdo compartilhado.

A Globo permanecerá indo atrás de perfis que usam e abusam de seus conteúdos: “Seguiremos combatendo a exploração predatória. Esperamos que as pessoas entendam que também precisamos explorar comercialmente esse conteúdo. Se a pessoa puder acompanhar 24 horas o BBB no Twitter, por que assinar o Globoplay?”, disse Erick Brêtas, que atua como diretor de produtos e serviços digitais da emissora carioca, em entrevista ao portal Notícias da TV.

Embora afirme que as regras continuarão bem rígidas nesse sentido, o diretor revelou que em 2022, qualquer pessoa poderá compartilhar conteúdos do “Big Brother Brasil” em suas redes sociais, desde que sigam algumas determinações: “Esse ano, teremos a regra que qualquer perfil poderá publicar um minuto de vídeo do BBB a cada hora do programa. É parecido com a regra do futebol dos 30 segundos”..

Engana-se quem acha que apenas os perfis “comuns” terão que seguir regras estabelecidas pela direção da emissora dos Marinho. Isso porque, até mesmo as equipes dos participantes confinados terão que cumprir as medidas e precisarão se atentar para não terem conteúdos retirados do ar: “As redes dos participantes vão poder colocar dois minutos. Isso no Twitter ou em qualquer rede ou site”.

Continua após a publicidade

Erick disse que desta forma, apenas parte dos vídeos serão publicados e ressaltou que independentemente da rede social, as regras serão as mesmas: “É uma regra razoável, que não expõe todo o conteúdo e vale para todas as plataformas. Eu dei o exemplo do Twitter porque é um lugar onde o vídeo é recortado para ser o combustível da conversa, mas vale para todas as redes e plataformas”.

Nesta quarta-feira (19), surgiu a informação de que a Rede Globo decidiu proibir que seus jornalistas opinem sobre a vigésima segunda edição do “Big Brother Brasil”. Segundo informações divulgadas pelo jornalista Leo Dias, os profissionais não poderão usar a internet para elogiar, muito menos criticar, qualquer participante confinado no reality show mais assistido do país.

Ainda de acordo com o colunista, a intensão da alta cúpula da emissora dos Marinho é evitar que os telespectadores pensem que a opinião de seus profissionais sobre os participantes, seja ela boa ou ruim, dê indícios de conhecimento do jogo ou dos confinados. Recentemente, um jornalista da Globo revelou para quem iria torcer e contou também quem não gostou. Essa atitude pode ter sido o motivo para que a decisão fosse tomada.