Fechar
abriu o coração

Patrícia Abravanel diz que chorou ao substituir Silvio Santos: ‘Não queria’

Filha número quatro de Silvio Santos se emocionou durante conversa com Carlos Alberto de Nóbrega

Danilo ReenlsoberRepórter do EM OFF

A apresentadora Patrícia Abravanel, filha do empresário e comunicador Silvio Santos, fez uma participação especial no programa A Praça É Nossa, de Carlos Alberto de Nóbrega. No bate-papo, que foi ao ar na noite desta quinta-feira (30), ela desabafou sobre a pressão de substituir o pai no comando do Programa Silvio Santos e garantiu que o dono do SBT vai voltar ao trabalho em breve.

Ainda na conversa com Carlos Alberto, Patrícia Abravanel disse que sabe que teve seus privilégios por ser filha de Silvio Santos, mas que, mesmo assim, lutou para conquistar seu espaço. “Eu sei que as portas já estavam abertas para mim, muito mais fácil que qualquer outra pessoa por ser filha, mas também por ser filha, aquela cobrança e as pessoas não acreditando e eu também nem liguei e fui fazendo meu caminho“, disse.

Agora, estar no Programa Silvio Santos eu acho que até é mais fácil, porque substituir o insubstituível é impossível. Então eu fui lá e falei: ‘eu vou ser eu’. E assim, com leveza. Ele só tem ele, então, quando eu chegar aqui, eu tenho que fazer, então vamos fazer. Eu fui e encarei”, ressaltou a apresentadora, que deixou o Vem Pra Cá para assumir não apenas o Programa Silvio Santos como também o Roda a Roda.

Em seguida, Patrícia Abravanel comentou como foi receber a notícia de que substituiria Silvio Santos. A famosa lembrou que chorou e que não queria entrar no lugar do pai. “Eu vou te falar que no começo… No primeiro dia, eu chorava de soluçar porque eu não queria, eu queria ver o Silvio Santos no domingo. Não quero ver a Patrícia, eu quero ver o Silvio Santos. Então eu sofri, eu quero meu pai aqui, não fazer o programa dele, eu quero ele“, disse.

Continua após a publicidade

E o público inteiro estava com isso: ‘não quero ver a Patrícia, eu quero ver o Silvio’. Mas na hora que viu um pedacinho dele, por ser a filha dele, eu vi que o público me acolheu. E na hora que eu vi o sorriso do meu pai, o orgulho dele e o alívio. Ele fala: ‘ah, que bom que você está lá, que bom que deu certo’. Aí eu falei: ‘então tá bom, pai. Eu vou ficar lá, mas quando você quiser ir o programa é seu, pai’. Tem vezes que ele liga e fala: ‘eu vou, mas a Patricia vai estar aí? Então se eu não for, ela vai estar aí, né?’”, prosseguiu a apresentadora.

Retorno

Ainda na conversa com Carlos Alberto de Nóbrega, Patrícia Abravanel garantiu que o pai vai retornar às gravações em breve. “Ele vai voltar“, disse a filha número quatro do dono do SBT. A revelação aconteceu após o apresentador do humorístico revelar que viveu uma depressão ao ver que Silvio Santos não estaria mais à frente do seu programa. O comunicador deixou o Programa Silvio Santos após ser diagnosticado com Covid-19, em agosto.

Quando seu pai parou, quando nós todos paramos, eu te confesso uma coisa: eu deixei de assistir às nossas reprises. Eu tive uma depressão e deixei de ver o programa. Eu não preciso puxar seu saco, porque eu tenho 85 anos e o que eu tinha para ganhar eu já ganhei. Por sua causa eu não saio de casa aos domingos e não vejo outra coisa, eu assisto seu programa inteiro, porque eu vejo quanto você lutou, quanto você chorou, quanto você apanhou para chegar aonde você chegou“, disse Carlos Alberto à Patrícia.

Ele continuou. “Quando eu soube que o Silvio não ia poder gravar por ordens médicas, eu falei: ‘meu deus do céu, quem é que vai entrar? Aí quem aparece? Você! Com aquela garra de mulher, com aquele amor que você tem pela sua casa. Eu não quero comparar com ninguém, mas você é uma estrela. Você comanda, você apresenta o programa mais importante e antigo da TV brasileira, porque seu pai foi o maior comunicador de todos os tempos“, disse.

Patrícia cortou o apresentador de A Praça é Nossa: “Ainda é, gente. Ele vai voltar!”, garantiu Patrícia. Carlos Alberto, então, rebateu: “Ele vai voltar! Se você deixar, porque você está boa demais”, brincou. “Não, ele vai voltar! Quero que ele volte, só estou cobrindo ele nesse período”, retificou a apresentadora. A esposa do ministro Fábio Faria assumiu o Programa Silvio Santos em outubro.