Fechar
ibope

Patrícia Abravanel turbina audiência de ‘A Praça é Nossa’

Com a filha de Silvio Santos, humorístico obteve melhor média em três meses

Danilo ReenlsoberRepórter do EM OFF

A presença da apresentadora Patrícia Abravanel no último episódio de A Praça é Nossa de 2021 alavancou a audiência do humorístico apresentado por Carlos Alberto de Nóbrega. O programa exibido na noite de quinta-feira (30) marcou o melhor índice no ibope desde setembro. Na atração, ela falou sobre a missão de substituir o pai, Silvio Santos, e sobre o retorno do comunicador à TV.

Na conversa com Carlos Alberto, Patrícia Abravanel disse que sabe que teve seus privilégios por ser filha de Silvio Santos, mas que, mesmo assim, lutou para conquistar seu espaço. “Eu sei que as portas já estavam abertas para mim, muito mais fácil que qualquer outra pessoa por ser filha, mas também por ser filha, aquela cobrança e as pessoas não acreditando e eu também nem liguei e fui fazendo meu caminho“, disse.

Agora, estar no Programa Silvio Santos eu acho que até é mais fácil, porque substituir o insubstituível é impossível. Então eu fui lá e falei: ‘eu vou ser eu’. E assim, com leveza. Ele só tem ele, então, quando eu chegar aqui, eu tenho que fazer, então vamos fazer. Eu fui e encarei”, ressaltou a apresentadora, que deixou o Vem Pra Cá para assumir não apenas o Programa Silvio Santos como também o Roda a Roda.

De acordo com dados divulgados pelo portal TV Pop, a filha número quatro de Silvio Santos turbinou a audiência da atração de humor. A Praça é Nossa marcou média de 6,2 pontos na audiência na Grande São Paulo. Esse é o melhor desempenho do programa em mais de três meses. Antes, o melhor índice do humorístico havia sido marcado em 16 de setembro. Na ocasião, a Praça obteve 6,4 pontos de média.

Continua após a publicidade

‘Vai voltar’

Com o índice positivo, o SBT chegou a se aproximar da Globo, que no mesmo horário exibia o Jornal da Globo. O jornalístico da emissora carioca apresentado por Rodrigo Bocardi teve média de 6,7 pontos. A Record TV fechou o ranking das maiores audiências no terceiro lugar com o Especial Musical (4,5), Jornal da Record 24h (2,8) e Fala Que Eu Te Escuto (1,3).

Na atração, Patrícia Abravanel também comentou como foi receber a notícia de que substituiria Silvio Santos. A famosa lembrou que chorou e que não queria entrar no lugar do pai. “Eu vou te falar que no começo… No primeiro dia, eu chorava de soluçar porque eu não queria, eu queria ver o Silvio Santos no domingo. Não quero ver a Patrícia, eu quero ver o Silvio Santos. Então eu sofri, eu quero meu pai aqui, não fazer o programa dele, eu quero ele“, disse.

E o público inteiro estava com isso: ‘não quero ver a Patrícia, eu quero ver o Silvio’. Mas na hora que viu um pedacinho dele, por ser a filha dele, eu vi que o público me acolheu. E na hora que eu vi o sorriso do meu pai, o orgulho dele e o alívio. Ele fala: ‘ah, que bom que você está lá, que bom que deu certo’. Aí eu falei: ‘então tá bom, pai. Eu vou ficar lá, mas quando você quiser ir o programa é seu, pai’. Tem vezes que ele liga e fala: ‘eu vou, mas a Patrícia vai estar aí? Então se eu não for, ela vai estar aí, né?’”, prosseguiu a apresentadora.

Ainda na conversa com Carlos Alberto de Nóbrega, Patrícia Abravanel garantiu que o pai vai retornar às gravações em breve. “Ele vai voltar”, disse a filha número quatro do dono do SBT. A revelação aconteceu após o apresentador do humorístico revelar que viveu uma depressão ao ver que Silvio Santos não estaria mais à frente do seu programa. O comunicador deixou o Programa Silvio Santos após ser diagnosticado com Covid-19, em agosto.