Fechar
AO VIVO

Pedro Bial diz que não acreditava no sucesso do ‘Big Brother Brasil’

Durante participação no programa “Mais Você” desta terça-feira (22), o apresentador revelou ainda que não assiste o reality show

Bruno PintoRepórter do EM OFF

Ana Maria Braga recebeu Pedro Bial no famoso café da manhã do “Mais Você”. Na manhã desta terça-feira (22), o jornalista conversou sobre diversos assuntos, dentre eles a sua longa passagem pelo comando do “Big Brother Brasil”. Sem fazer questão alguma de esconder o que pensa, Bial revelou que não acreditava no sucesso do reality show e que não assiste muito o programa.

Ao comentar alguns momentos especiais que passou ao longo dos anos como apresentador do “Big Brother Brasil”, o jornalista confessou que acreditava que o até então novo formato não iria vingar na programação da Rede Globo: “Ninguém imaginava que o “BBB” iria se tornar o que se tornou. Eu achei que ia ter uma ou duas edições. Eu só percebi mesmo que o negócio tinha vindo para ficar na quinta edição, em 2005, na edição vencida por Jean Wyllys e a Grazi Massafera apareceu”.

Bial confessou que ficou desorientado nas primeiras edições do reality show, mas que, aos poucos, foi dominando toda aquela novidade: “Eu confesso que fique atarentado. É tudo diferente do telejornalismo, é uma outra linguagem, um outro compromisso. A gente fica um pouco contido e fui meio tateando. Mas eu dei a sorte de estar com companheiros muito legais e pessoas juntas de mim descobrindo aquele formato”.

Ao ser questionado sobre a escolha de Tadeu Schmidt para o ocupar o posto de apresentador do “BBB”, Pedro não só elogiou o colega, como revelou que o novo comandante do reality show entrou em contato com ele: “O Tadeu é muito educado e gentil. A primeira coisa que ele fez quando soube que ia fazer o programa foi me procurar. A gente conversou bastante. Mas o Tadeu é preparadíssimo, mais do que pronto para assumir aquilo. Ele tem o gosto pela televisão”.

Continua após a publicidade

Em um determinado momento, Ana Maria Braga perguntou a Pedro a principal diferença entre as atuais e as antigas gerações de participantes do “BBB”: “Hoje, todos já entram com muita experiência ou, pelo menos, com a compressão da experiência das outras edições. Eles acham que entendem o programa, acham que compreendem a dinâmica, mas acabam sempre se surpreendendo”.

O apresentador do programa “Conversa com Bial” disse que o grande sucesso da vigésima primeira edição do reality acabou alterando o comportamento dos participantes da atual temporada: “Essa edição é um clássico das edições do ‘Big Brother Brasil’. Depois de uma edição muito bombada, muito explosiva, como foi a do ano passado, é natural que a edição seguinte reaja no sentido oposto das pessoas procurarem se preservar um pouco. Mas não adianta, pois está todo mundo ali para se expor”

Ao assistir imagens ao vivo da casa mais vigiada do país, o jornalista revelou que Linn da Quebrada é uma representante do sexo feminino que pode superar a hegemonia masculina: “A Lina aparece agora em um bom momento da trajetória dela no programa. Ela não parecia ter grandes chances de ir longe, mas já foi e é uma alternativa feminina a um predomínio masculino nessa edição. Só está ficando homem”.

Por fim, Pedro Bial acredita que Arthur Aguiar possa ser o grande vencedor da atual edição e revelou que não está assistindo muito o “BBB”: “Eu acho o Arthur favorito pelo comportamento que tem tido nas votações… Eu não assisto religiosamente, mas não precisa assistir religiosamente para acompanhar e saber tudo o que está acontecendo. É possível ter uma final com grande presença masculina”.

Confira!