Fechar

EXCLUSIVO Plateia do ‘The Masked Singer’ é testada na casa de caravanistas

Reality show será apresentado por Ivete Sangalo e Priscilla Alcantara

Paulo Henrique LimaRepórter do EM OFF

A Globo corre para cumprir o cronograma e estrear o “The Masked Singer Brasil” em 23 de janeiro. A emissora tem mobilizado a equipe do programa para produzir o número de episódios suficientes até a estreia da segunda temporada. O reality de Ivete Sangalo contará com plateia presencial testada e vacinada para evitar a disseminação da Covid-19 e o atraso na produção.

O EM OFF apurou que o canal convocou caravanistas experientes para montar a plateia das primeiras edições. Nas gravações que ocorrem nesta quinta (6) e na sexta-feira (7), apenas negativados para a doença terão acesso aos estúdios. No entanto, as pessoas não serão testadas nas dependências do canal ou em um ambulatório, como recomendado por especialistas.

A reportagem conversou com fontes e descobriu que o processo de testagem será feito na casa dos responsáveis por cada caravana. A estratégia da Globo seria para agilizar as gravações e evitar qualquer atraso ou imprevisto. Com isso, profissionais da saúde de uma empresa particular foram enviados aos “pontos de testagens” no início da tarde de hoje para coletarem material.

O teste rápido, RT-PCR, leva de 15 minutos a 1 hora para ficar pronto. As pessoas que enviaram dados aos caravanistas foram informados de horários de testagem e o recebimento de resultados. Em caso de positivo, a emissora orientou o interessado a se isolar por pelo menos 10 dias. A Globo foi questionada sobre o procedimento adotado fora de um ambulatório, mas até a publicação não obtivemos um retorno. Caso o faça, o texto será atualizado.

Continua após a publicidade

A nova temporada do “The Masked Singer” terá co-apresentação de Priscilla Alcantara. Camilla de Lucas perdeu o posto após desagradar o público e ser alvo de críticas. Além da ex-BBB, Simone Mendes deixou a bancada de jurados e foi substituída por Tatá Werneck. Em entrevista à colunista Fábia Oliveira, a dupla de Simaria explicou que sua saída se deu após um pedido pessoal.

“Foi uma decisão minha. Eles pediram para que eu estivesse esse ano, mas por alguns motivos, como a volta aos shows e muitas coisas que tenho que estudar e fazer, então decidi não seguir. Permaneço na casa à disposição para outros projetos”, contou. Rodrigo Lombardi, Taís Araújo e Eduardo Sterblitch continuam no programa.

Além do “The Masked Singer Brasil”, a Globo segue produzindo as novelas inéditas. “Além da Ilusão”, próxima trama das seis prevista para estrear em fevereiro, tem teste diários de PCR em todos os profissionais que trabalham sem máscara, o que inclui o elenco. Algumas pessoas que atuam fora das câmeras da novela de Alessandra Poggi positivaram para a doença, de acordo com a colunista Patrícia Kogut, do jornal O Globo.

Devido as infecções, mudanças nos roteiros do folhetim estão sendo feitas quase que diariamente. Os funcionários que atuam nos bastidores da produção devem usar máscara obrigatoriamente, além de seguir com protocolos básicos, como higienizar as mãos com álcool em gel e água e sabão.