Fechar
FALOU TUDO

Reinaldo Gottino critica CNN e revela motivo de saída

O jornalista contou detalhes sobre a sua passagem meteórica pelo canal de notícias e o que aconteceu para tomar a decisão

Bruno PintoRepórter do EM OFF

Reinaldo Gottino é um verdadeiro sucesso na tela da Record TV. Além de alcançar excelentes índices de audiência no comando do “Balanço Geral”, chegando a assumir a liderança da disputada briga no Ibope por diversas vezes, o jornalista acabou se tornando um profissional muito querido pelos telespectadores. Porém, antes de chegar ao patamar em que se encontra atualmente, o jornalista passou por algumas complicações em sua carreira.

Um dos momentos mais marcantes da trajetória de Gottino na televisão, sem dúvidas, foi o anúncio de sua contratação pela CNN Brasil e, em pouco tempo, a rescisão do vínculo e seu retorno para a Record TV. Anos após o ocorrido, o jornalista revelou o real motivo que o fez tomar a decisão de colocar um ponto final na breve história com a CNN Brasil. O apresentador ainda deu uma alfinetada na antiga emissora.

Reinaldo Gottino foi o convidado do podcast Inteligência Ltda. Durante entrevista, o jornalista falou sobre diversos assuntos e, claro, da sua passagem meteórica pelo canal de notícias. Segundo ele, a forma com que a emissora faz jornalismo é incompatível com sua forma de trabalhar: “Foi ficando pesado, muito puxado pra mim. Quando você entra nesse formato, ele é muito seguro pra emissora. Eu comecei a me sentir preso naquela caixinha”.

Preso aos padrões estabelecidos pela CNN Brasil, Gottino revelou que não demorou muito tempo para que sentisse falta de tudo o que tinha na emissora de Edir Macedo e acabou fazendo uma reflexão: “Eu estava acostumado com uma coisa mais espaçosa e pensei assim: ‘Poxa, queria tocar uma coisa diferente’. Era um projeto muito novo. Gostava mais daquele espaço [que tinha na Record TV]”.

Continua após a publicidade

Ao contrário de como fazia na CNN Brasil, Reinaldo contou que a forma como conduz o “Balanço Geral”, tanto na saída quanto em seu retorno para a Record TV, é algo que o deixa muito mais a vontade, pois fala direto com o público, o que não ocorria na emissora de notícias: “É um jornalismo popular, perto das pessoas. Mas o mais importante é a transparência. As pessoas sabem que eu estou falando a verdade, o que eu penso. Tento mostrar para as pessoas que elas são bem-vindas”.

Durante o pouco tempo em que esteve na CNN Brasil, Gottino acabou sendo massacrado nas redes sociais em decorrência de uma discussão com Gabriela Prioli durante um programa. Na ocasião, o jornalista foi acusado de machismo: “Me destruíram. A internet potencializou uma coisa como se eu tivesse interrompido e não deixei ela falar. A ideia do mediador é participar pra dar uma temperatura mais elevada. Gosto muito da ideia de debate”.

Reinaldo Gottino disse que recebeu inúmeras mensagens ofensivas, chegando até a colocar seus filhos na confusão. O jornalista concluiu lamentando toda a situação: “Foi uma coisa muito chata. Uma pessoa me escreveu assim: ‘você não respeita as mulheres, sei onde seus filhos estudam’. Não estamos preparados para isso ainda. Foi uma pena esse desgaste que aconteceu”.

Confira a entrevista completa!