Fechar
Bahia

Repórter da Globo passa sufoco após mulher invadir reportagem

Felipe Pereira precisou interromper reportagem após mulher cobrar pagamento de benefício pelo INSS

Paulo Henrique LimaRepórter do EM OFF

As invasões em reportagens ao vivo estão cada vez mais frequentes nas principais emissoras de TV aberta no Brasil. Um repórter da TV Subaé, afiliada da Globo em Feira de Santana, na Bahia, passou por saia justa ao ter link do “Jornal da Manhã” invadido por uma mulher revoltada com a falta de pagamento de um benefício pelo Instituto Nacional do Seguro Social (INSS).

Felipe Pereira entrevistava um homem sobre a paralisação de ônibus no município baiano, quando a mulher se aproximou do microfone e destacou sua reclamação pública. “O INSS tem que pagar o meu dinheiro porque estou morrendo de fome”, disparou ela, deixando o entrevistado visivelmente assustado. Pessoas que estavam próximas passaram a acompanhar o momento inesperado.

Enquanto a mulher gritava e tentava a todo custo ser ouvida pela equipe da Globo, o cinegrafista mudou o foco da câmera para passageiros que aguardavam ônibus no terminal rodoviário. Segundos depois, o repórter interrompeu a entrevista e seguiu em direção ao cinegrafista para explicar ao público o imprevisto. “Tá um pouquinho difícil, mas eu vou contar [a reportagem]”, disse.

Revoltada, a mulher foi em direção ao repórter que continuou tentar ser ouvida. “Por que eles não pagam o dinheiro dos outros?”, questionou. “Isso é uma outra questão”, pontuou o repórter. Na ocasião, o homem entrevistado reclamou da falta de ônibus na cidade. “Isso é uma falta de respeito para com o contribuinte”, disse.

Continua após a publicidade

Em dezembro de 2021, na véspera de Natal, a repórter Nathalia King, da RBS TV, afiliada da Globo no Rio Grande do Sul, foi confundida por uma senhora com uma profissional da Record TV RS enquanto falava sobre a movimentação da rodoviária de Porto Alegre para as festas de fim de ano. A passageira que aguardava o embarque em uma plataforma entrou na frente da câmera e atrapalhou a reportagem.

“Você é da Record?”, quis saber. A jornalista pediu licença ao público e interrompeu as informações para explicar a mulher que não era repórter da Record. “Só um momento, é da RBS, manda um Feliz Natal pra RBS”, falou. Sem acreditar de que se tratava de uma equipe da afiliada da Globo, a mulher indagou sobre se a jornalista estaria falando com Samuel Vettori, apresentador do “Balanço Geral. “Do lado do Samuel?”, quis saber.

Com a resposta negativa, a senhora pediu desculpas e tentou sair à francesa do enquadramento. “Ah, pensei que era da Record”. A contratada da líder de audiência amenizou a gafe da mulher demonstrando cordialidade antes de passar a vez para Josmar Leite, apresentador do telejornal “Bom Dia Rio Grande”.

“Imagina, então Feliz Natal pra todo mundo que tá trabalhando hoje também, é RBS, Record, é todo mundo. É essa a energia aqui na rodoviária, pessoal empolgado pra passar as festas ao lado da família e dos amigos”, concluiu. Por meio das redes sociais, King mostrou que levou tudo na esportiva e até compartilhou o momento na ferramenta Stories do Instagram e marcou o concorrente.