Fechar
Mais um!

Repórter da Globo sofre assalto no Rio de Janeiro

Diego Haidar foi assaltado no Rio de Janeiro e alertou familiares para desconsiderarem mensagens enviadas pelo número dele

Aline TorresRepórter do EM OFF

O repórter Diego Haidar, que trabalha na TV Globo do Rio de Janeiro, sofreu um assalto na manhã dessa segunda-feira (12) e teve o celular levado pelos criminosos. Ele informou sobre o ocorrido nas redes sociais, pedindo para que amigos e familiares não considerassem nenhuma mensagem caso tenha partido do número dele.

“Fui assaltado. Desconsiderar qualquer mensagem do meu celular”, disse o jornalista no perfil dele no Twitter. Internautas e colegas demonstraram apoio ao repórter nos comentários da postagem.

“Eu lamento. Mas vc é mais um né Diego?! Até quando teremos que viver essas coisas horríveis?”, disse a internauta Elizabeth Vasconcelos. “Meu Deus Diego, espero que esteja bem”, disse outro internauta chamado Jorge.

O jornalista ficou famoso por ser quase levado pelo vento ao anunciar a chegada da frente fria no Rio de Janeiro durante o RJ1. Ao iniciar a conversa ao vivo com a âncora Mariana Gross, Diego teve de manter o jogo de cintura para não ter o guarda-chuva levado pelo clima.

“Tava falando para me chamar logo porque daqui a pouco vou sair voando”, disse o repórter assim que entrou na chamada ao vivo. “Perigoso ficar sem guarda-chuva e não sei se esse vai dar conta”, disse brincando o jornalista com guarda-chuva quase quebrando na mão.

Recentemente, outro jornalista, Alisson Negrini, que trabalha na CNN, também sofreu um assalto.O repórter da CNN Brasil teve suas contas bancárias invadidas. Os criminosos conseguiram transferir dinheiro e fazer empréstimos através dos aplicativos que estavam no telefone do jornalista.

O assalto aconteceu na Avenida Ipiranga, em São Paulo, depois que Negrini saiu de uma farmácia e passou por um trecho mal iluminado. Foi nesse momento que um homem aproveitou para abordá-lo, tomando o celular do repórter enquanto dois comparsas aguardavam mais distante.

Mesmo não sofrendo nenhum dano físico, o susto foi grande. O jornalista fez um boletim de ocorrência, mas mesmo assim os bandidos conseguiram fazer movimentações nas contas bancárias dele, gerando transtornos ao repórter.

As três contas que Negrini possui em bancos privados foram zeradas. No entanto, Itaú e Nubank já conseguiram resolver o problema e devolveram o dinheiro. Já na conta do Bradesco, os bandidos fizeram um pix de quase R$ 5 mil e um empréstimo no valor de R$ 25 mil, mas nada foi resolvido.

Veja a seguir a postagem de Diego Haidar e de alguns seguidores que demonstraram apoio ao jornalista:

Tem alguma foto? print? vídeo? ou áudio de alguma fofoca? envie um e-mail para contato@portalemoff.com.br sua identidade será mantida no mais absoluto sigilo