Fechar
FALAS HOMOFÓFICAS

Roger Moreira, do ‘Ultraje a Rigor’, diz que Maurício Souza foi injustiçado

Integrante do programa The Noite, de Danilo Gentili, saiu em defesa do atleta no Programa Raul Gil

Danilo ReenlsoberRepórter do EM OFF

A polêmica demissão do jogador de vôlei Maurício Souza do Minas Tênis Clube continua rendendo discussão nas redes sociais e também na televisão. O assunto voltou a ser comentado na gravação do Programa Raul Gil, que vai ao ar neste sábado (20). Roger Moreira, vocalista da banda Ultraje a Rigor, relembrou o caso e deu sua opinião sobre a situação.

O músico, que faz parte do programa The Noite, apresentado por Danilo Gentili no SBT, participou do quadro “Pra Quem você Tira o Chapéu” e não deixou de lado suas falas ácidas. O compositor afirmou que o jogador de vôlei Maurício Souza, que fez comentários tidos como homofóbicos, foi injustiçado. “Ele foi injustiçado pela cultura do cancelamento da internet“, avaliou.

Ainda na sua participação no programa, Roger Moreira não tirou o chapéu para o ator e diretor “Wagner Moura”, que se envolveu em uma polêmica nesta semana ao ser visto comendo camarões em um assentamento do MST (Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra), após uma exibição pública do filme “Marighella”. Outros nomes citados no quadro foram do empresário Tutinha, Rogério Ceni, Zé de Abreu, Samantha Schmütz, entre outros.

Roger Moreira não foi o único a sair em defesa do jogador de vôlei. No começo do mês, a cantora Luciana Andrade, que integrava o grupo Rouge, discutiu com seguidores em seu perfil do Instagram após começar a seguir Maurício Souza. A ex-Rouge disse que não deve nada a ninguém e criticou os fãs que estão, segundo ela, fiscalizando a vida alheia.

Continua após a publicidade

Lu, porque você começou a seguir o Maurício Souza depois de tudo o que aconteceu?”, questionou um fã. “Misericórdia, que decepção“, comentou outro. A cantora, então, resolveu se pronunciar em resposta. “Queridos, não sou enrustida em absolutamente nada na minha vida, sou feliz, bem resolvida e totalmente responsável e dona dos meus atos“, começou a famosa.

Ela seguiu com o seu argumento. “Não devo nada a ninguém e não estou atrás de aprovação ou admiração. Seus comentários de ódio, fiscalização da vida alheia e julgamentos não são bem-vindos por aqui. Cuidem de suas próprias vidas“, completou. Ela ainda criticou os seguidores que, segundo era, queriam apenas “lacrar” na publicação. “Favor militar e tentar lacrar em outro perfil“, escreveu.

Polêmica

A polêmica envolvendo o atleta Maurício Souza ganhou destaque no mês passado, quando a DC Comics anunciou que o novo Superman, Jon Kent, filho de Clark Klent, se descobrirá bissexual nas histórias em quadrinhos. O jogador de vôlei não gostou e fez críticas no seu perfil no Instagram. “A é só um desenho, não é nada demais… Vai nessa que vai ver onde vamos parar“, escreveu.

A fala homofóbica do jogador repercutiu negativamente. Patrocinadores pediram que o atleta apagasse a publicação e fizesse um pedido de desculpas. Maurício voltou ao Instagram e publicou um vídeo no qual não reconhece o erro e diz que em o direito de ter sua opinião sobre o assunto. A postura do jogador irritou o Minas Tênis Club, que optou pelo fim do contrato.

Dias depois, Maurício Souza voltou as redes sociais e compartilhou uma nova provocação nas redes sociais. Ele publicou uma foto do Super-Homem beijando a Mulher Maravilha. Em uma outra publicação, o atleta do Minas Tênis Club isentou o clube de culpa e disse que os dirigentes tentaram segurá-lo na equipe, mas que precisaram ceder à pressão.

Você usa TELEGRAM? Então entre no nosso canal e receba nossas notícias no seu celular.
Basta clicar aqui -> https://t.me/portalemoff