Fechar
Vem aí

Sandy revela perrengues e faz exigência em reality da HBO Max

Versão brasileira do “Selena + Chef”, “Sandy + Chef” tem estreia confirmada para 11 de novembro

Paulo Henrique LimaRepórter do EM OFF

Sandy se prepara para estrelar o “Sandy + Chef”, reality show de culinária que vai estrear na HBO Max, no próximo dia 11 de novembro. O projeto é definido pela própria como algo mais inusitado de diferente que já fez ao longo da carreira na televisão e na música. No entanto, como a mesma já previu ao assinar o contrato para encarar os desafios na cozinha, não foi uma tarefa fácil.

A irmã de Júnior Lima, com quem formou dupla sertaneja até 2007, afirmou ter enfrentado perrengues durante as gravações do programa, uma versão brasileira do “Selena + Chef”, lançada nos Estados Unidos. A prática na cozinha, principal dinâmica do formato internacional, foi um dos maiores obstáculos que a cantora teve que passar para concluir a temporada.

“Eu não sei quase nada, na verdade, tenho um pouco de intuição pra culinária então sei temperar e quando vou fazer isso eu tenho mais ou menos uma noção. Sempre que eu vou fazer uma comida as pessoas me elogiam, falam que tá gostosa e eu fico feliz com isso porque acho que tenho um pensamento pra gastronomia, uma percepção, só que prática zero. Realmente eu fui bem pateta em alguns momentos, mas aprendi um monte e quero aprender mais”.

As gravações do “Sandy + Chef” ocorreram entre julho e agosto, em São Paulo, e já estão concluídas. Para se aventurar na cozinha, a cantora fez uma série de exigências para a HBO Max, como por exemplo, riscar da lista pratos que eram obrigatoriamente preparados com determinados alimentos: pimentão, polvo, lula e peixe de água doce foram alguns dos itens proibidos na casa da apresentadora.

Continua após a publicidade

Além dos vetos de alguns alimentos listados, Sandy pediu a presença de Paola Carosella, ex-jurada do “MasterChef Brasil”, como uma das chefs convidadas da edição. “Dei algumas sugestões de chefs que me ensinariam a cozinhar, um deles, inclusive, eles acataram e já era uma ideia também que é a Paola Carosella, sou fã dela. Eu tive que passar uma listinha de coisas que eu não como e mesmo assim eu acabei experimentando coisas que não costumo comer no meu dia a dia, porque eu sei que quando é preparado por um chef muito bom, experiente e renomado normalmente eles sabem harmonizar os [alimentos] de um jeito maravilhoso que até o que a gente não gosta pode comer e gostar”.

A protagonista do formato também abriu o jogo sobre perrengues enfrentados nas gravações do “Sandy + Chef”. “Eu estava com uma expectativa grande com a Paola porque eu sei que ela tem um jeito super forte e exigente, apesar de ser muito simpática. Ela foi maravilhosa, mas as gravações desse dia a gente teve problema na transmissão, era tudo feito online, tem a questão da internet, a gente tinha uma equipe com aparato todo maravilhoso só [que essas coisas acontecem], a gente tem que esperar muito. Tadinha, gerou um cansaço, foi uma diária longa, mas ela foi muito maravilhosa, ficou lá até o fim, me ensinou e teve paciência comigo”.

Em seis episódios, Sandy vai preparar diversos pratos sofisticados na companhia de chefs renomados e convidados. Na cozinha, a apresentadora revelou qual prato teve mais dificuldade de preparar. “Foi fazer o sashimi com uramaki e fazer a apresentação do prato, cortar o peixe, tudo isso foi bem desafiador porque eu nunca cheguei nem perto de uma coisa dessas [risos], mas o que mais me surpreendeu, quando recebi o Thiago Castanho, foi [comer peixe de rio] e eu normalmente não costumo comer, eu amei muito, a minha família também não gosta e eles amaram”.

Você usa TELEGRAM? Então entre no nosso canal e receba nossas notícias no seu celular.
Basta clicar aqui -> https://t.me/portalemoff