Fechar

EXCLUSIVO SBT cancela ‘Fofocalizando’ e define programação

Programa de fofocas apresentado por Chris Flores deixou de ser prioridade da emissora de Silvio Santos

Paulo Henrique LimaRepórter do EM OFF

Com alto investimento em eventos esportivos nos últimos anos, o SBT tem conquistado bons números de audiência e faturamento. A emissora passou a priorizar as competições internacionais, o que provoca mudanças na grade de programação com frequência. Nesta quarta-feira (18), por exemplo, o “Fofocalizando”, atração vespertina apresentada por Chris Flores, foi cancelada.

O canal vai apostar na final da Uefa Europa League, que será disputada por Eintracht Frankfurt (ALE) e Rangers (ESC) diretamente do Estádio Ramón Sánchez Pizjuán, na cidade de Sevilha, na Espanha, às 16h (de Brasília). De acordo com apurado pelo EM OFF, a emissora desistiu de exibir o programa de fofocas e manteve a trinca de novelas formada por “Carrossel” (2012), “Esmeralda” (2004-2005) e “Paixões de Gavilanes” (2003).

De acordo com que uma fonte relatou à reportagem, os executivos cogitaram cancelar o “Casos de Família”. A atração de Christina Rocha é responsável por uma audiência inferior a do programa que conta com Gaby Cabrini, Flor Fernandez, Gabriel Cartolano e Matheus Baldi em seu elenco. No entanto entanto, uma avaliação interna sobre mudança recente de horário acabou sobressaindo.

No último dia 9 de maio o SBT reformulou o telebarraco para tentar reanimar a audiência que beirava a casa de 1,0 ponto na Grande São Paulo, principal praça para o mercado publicitário. Famosos e especialistas em áreas relacionadas aos temas ganharam destaque, enquanto o número de casos apresentados por edição caiu de três para um. Por outro lado, a atração passou a investir em debates sobre questões sociais.

Continua após a publicidade

As mudanças no “Casos de Família” ocorreram quando o programa ainda era exibido na faixa das 14h20, uma semana antes de a emissora ordenar a estreia da trinca de novelas e novas alterações na programação. A atração de Rocha passou a ser exibida das 15h às 15h45, antecedendo o “Fofocalizando”. Outra movimentação radical poderia prejudicar a performance do vespertino sobre histórias de pessoas anônimas na audiência.

O fato de o “Fofocalizando” ter passado de 15h20 para 16h00 foi uma saída menos prejudicial para a grade da emissora, já que os executivos querem emplacar as novelas e reduzir a distância da Record, além de deixar a Band para trás. Aliás, nesta terça-feira (17) a emissora da família Saad ficou jogou o canal de Silvio Santos para o quarto lugar entre 12h e 14h. Por uma hora, abriu vantagem de 1,0 ponto de média.

Na quinta-feira (19) a grade do SBT deve voltar ao normal. Apesar da folga inesperada para os apresentadores, a produção deve continuar a todo vapor nos bastidores.