Fechar
Novidade?

Sikêra Júnior faz postagem homofóbica nas redes sociais e é massacrado

O apresentador fez uma postagem no Twitter, sendo homofóbico mais uma vez

Vitor CaiqueRepórter do EM OFF

O apresentador de televisão Sikêra Júnior voltou a se manifestar publicamente com mensagens homofóbicas. O comunicador da RedeTV! postou uma mensagem no Twitter, com uma foto de duas crianças ao lado do pai, lendo um livro e se protegendo de um arco-íris, símbolo da comunicado LGBTQIA+. Na legenda, o radialista comentou: “aqui em casa não”.

Depois da mensagem ir ao ar no Twitter, diversos internautas se manifestaram massacrando Sikêra, e detonando o apresentador que sempre se envolve em polêmicas. “Por algum momento você já parou pra pensar que sua homofobia pode ser um sinal que você tem uma tendência ao homossexualismo? Procura um terapeuta, talvez isso te ajude. Não é critica não. É só uma sugestão”, comentou Petronio Silva.

“O fato do Sikêra ser um homofóbico escroto não é novidade pra mim, ele sempre foi assim. Ano passado ele já chegou a associar o crime de Pedofilia aos Homossexuais, esteve uma ocasião em que ele chamou os gays de “raça desgraçada”, opinou outro seguidor, que denotou o apresentador, que sempre se manifesta sendo homofóbico, e que inclusive já perdeu patrocinadores e anunciantes por conta de sua conduta.

Sikêra perde patrocínios

Vale lembrar que Sikêra Júnior é um velho conhecido do público pelas atrocidades que já falou durante o programa “Alerta Nacional”, exibido na RedeTV!. A maior polêmica envolvendo o apresentador foi quando ele criticou a campanha da rede de fast-food Burger King, para o Mês do Orgulho LGBTQIA +, em 2021.

Continua após a publicidade

A publicidade mostrava crianças falando, de uma forma natural, sobre casais homoafetivos, e a intenção era desmistificar a frase “como vou explicar para o meu filho?”, ao se referir ao amor de duas pessoas do mesmo sexo. Na ocasião, Sikêra detonou a publicidade, e soltou palavras de ódio contra a comunidade LGBTQIA+.

“Um povo lacrador que não convence mais os adultos e agora vão usar as crianças. É uma lição de comunismo: vamos atacar a base, a base familiar, é isso que eles querem. Nós não vamos deixar. Vocês são nojentos. A gente está calado, engolindo essa raça desgraçada, mas vai chegar um momento que vamos ter que fazer um barulho maior. Deixa a criança crescer, brincar, descobrir por ela mesma”, iniciou o apresentador.

“O comercial é podre, nojento. Isso não é conversa para criança. Vocês não têm filhos, não procriam, não reproduzem. Eu cheguei à seguinte conclusão: vocês precisam de tratamento. Que tara é essa de pegar as crianças do Brasil? Se você quer dar esse rabo, dê, mas não leve as crianças. Isso é pedofilia e abuso infantil”, finalizou. Depois dos ataques, Sikêra perdeu diversos contratos e anunciantes, além de ser processado.