Fechar
Noveleira

Sonia Abrão critica decisão de autor de ‘Pantanal’ de alterar final de personagem

No “A Tarde é Sua”, apresentadora da RedeTV! defendeu o desfecho original de personagem da novela das nove

Paulo Henrique LimaRepórter do EM OFF

Com a audiência diária acima dos 30 pontos, “Pantanal” se tornou um fenômeno na programação da Globo. Além de ser pauta em programas da emissora como o “Encontro” e “É De Casa”, a novela se tornou um dos principais destaques do “A Tarde é Sua”, atração vespertina comandada por Sonia Abrão nas tardes da RedeTV!. Na edição desta quarta-feira (8), Bruno Luperi foi levemente alfinetado para apresentadora.

No “Momento Pantanal”, Sonia repercutiu o capítulo do dia anterior e destacou possíveis acontecimentos para os próximos capítulos. A chegada da segunda família de Tenório (Murilo Benício) à região pantaneira do Mato Grosso do Sul não ficou de fora. Isso porque o filho do fazendeiro, Roberto (Cauê Campos) vai ter um fim trágico na novela das nove, assim como na primeira versão exibida em 1990 pela extinta Rede Manchete (1983-1999).

O irmão de Guta (Julia Dalavia) morre engolido por uma sucuri. No entanto, o autor Bruno Luperi decidiu mudar a história e o modo em que a personagem morre. De acordo com a colunista Patrícia Kogut, do jornal O Globo, o rapaz será assassinado por Solano (Rafael Sieg). O assassino será contratado pelo próprio pai da vítima para balear José Lucas de Nada (Irandhir Santos).

Ainda de acordo com a publicação, o autor de Pantanal deseja passar uma mensagem de preservação ambiental para o público. A imagem de que a sucuri engole pessoas e deve ser morta será derrubada pelas seguintes frases destacadas em diálogo das personagens envolvidas em uma das cenas mais importantes da trama rural: “Não come gente” e “Não deve ser atacado e abatido”.

Continua após a publicidade

Roberto vai se deparar com o matador de aluguel armado após o atentado contra o primogênito de José Leôncio (Marcos Palmeira) e o indagará com questionamentos sobre a sua suspeita. Solano responderá que apenas estava checando o funcionamento da arma a pedido de Tenório. Após o diálogo, Roberto resolverá fazer um passeio de barco e será seguido pelo capanga.

A sequência se dará no rio, quando o homem se mostrará desconfiado e quer ter a certeza de que o filho do patrão não suspeita do atentado. Apesar de fazer parte da cena, a sucuri não será a responsável por matar Roberto. A ideia de Bruno Luperi não agradou em nada Sonia Abrão. A apresentadora do “A Tarde é Sua” disparou alfinetadas contra o neto de Benedito Ruy Barbosa, autor da versão original.

“Por que esse menino não pode ter o desfecho original que tem tudo a ver com a trama e com a região. Achei pisada de bola, mas se quer deixar uma digital [na novela] se quer falar: ‘Não, essa novela também é minha, não é só do meu avô’. Tudo bem. Mas que não tá certo, não tá de jeito nenhum.”