Fechar
AO VIVO

Sonia Abrão defende Juliette e massacra Samantha Schmütz: ‘Pobreza de espírito’

Durante o programa “A Tarde é Sua” desta quarta-feira (18), a apresentadora da RedeTV! soltou o verbo pra cima da atriz

Bruno PintoRepórter do EM OFF

Se tem um assunto que continua dando o que falar desde o último final de semana, sem dúvidas, é a polêmica publicação feita por Samantha Shmütz nas redes sociais. Na ocasião, a atriz ironizou um comentário feito por Juliette Freire no programa “Altas Horas” e questionou o status de artista da cantora e campeã do “Big Brother Brasil 21”. Diante da polêmica, Sonia Abrão não ficou em cima do muro e detonou a postura de Samantha.

Durante o programa “A Tarde é Sua”, transmitido nesta quarta-feira (18), a apresentadora da RedeTV! destinou grande parte do tempo de sua atração diária para comentar a treta envolvendo as duas contratadas da Rede Globo. Sem papas na língua, a jornalista não mediu palavras para descrever o quanto ficou indignada com a postura Shmütz e falou em pobreza de espírito para se referir a atriz.

“A Samantha Shmütz parece que nasceu para a encrenca. Ela foi irônica e tentou se desfazer da Juliette, como se ela não fosse artista e não tivesse a altura dessa definição de profissão de ser artista. A intenção de diminuir, de humilhar e desqualificar a Juliette ficou tão clara, que o mundo acabou desabando na cabeça da Samantha e muito bem feito por isso”, iniciou a apresentadora.

Na sequência, Sonia relembrou outras confusões iniciadas pela atriz que, segundo ela, gosta de provocar: “Essa não é a primeira encrenca que ela provoca. Teve treta com o Miguel Falabella, depois teve aquele lance com a Juliana Paes por motivos políticos… Ela está sempre ali provocando, sempre querendo fazer alguém se sentir desconfortável com as coisas que ela diz. Mas desta vez, não foram apenas as pessoas que foram pra cima dela, a classe artística também”.

Continua após a publicidade

A jornalista que disse que Shmütz não tem o poder de decidir quem é ou não um artista: “Esse tipo de coisa não se faz. Você pode gostar ou não de uma pessoa, ou do trabalho dela, mas isso não quer dizer que ela não seja uma artista, até porque isso não é você quem vai definir e medir o talento e o direito daquela pessoa de exercer determinada profissão. Ela [Samantha] entrou do nada e sequer foi chamada para comentar esse assunto”.

A jornalista contou que, ao fazer uma outra publicação, a atriz acabou causando uma nova polêmica, se complicando ainda mais: “Acabou que veio aquela onda de protesto e eu achei muito saudável. Só que, ao invés de tentar consertar, ela piora a história. Ela embarcou para Paris e ainda disse que estava indo ao encontro da arte. Como se alguém precisasse ir a Paris para se considerar uma artista… Muito triste”.

Abrão não pensou duas vezes antes de dizer que a definição de artista criada por Samantha é completamente equivocada: “A gente ainda sente um preconceito muito grande com relação ao pessoal que participa de reality show e foi isso que ela fez, desqualificando ainda mais a Juliette com essa história de arte e cultura que ela tem uma visão totalmente destorcida… Ela se sente a nata da humanidade, a nata da classe artística”.

A contratada da RedeTV! disse que tudo o que a atriz está passando é consequência de seus atos e que o pedido de desculpas repleto de lágrimas não a convenceu: “A Samantha está passando por situações extremamente constrangedoras e eu volto a dizer bem feito pra ela, porque quem planta, colhe. Agora que ela sentiu o peso da mão da opinião pública, ela vem pedindo desculpas que não convence. Ela se sentiu cancelada e esse foi o nível que ela chegou”.

Por fim, Sonia Abrão falou sobre caráter e pobreza de espírito para descrever a atitude de Samantha Shmütz: “Ela fez na maldade, fez porque realmente quis fazer, fez porque quer causar. Isso é muito barato e de uma grande pobreza de espírito. Você pode ter o maior talento do mundo, mas talento não quer dizer caráter, muito menos compreensão de mundo e de respeito pelas pessoas. Ela pode ir para Paris ou qualquer outro lugar, mas o caráter não vai mudar”.