Fechar
Não Gostou

Sonia Abrão é acusada de machismo ao defender André Gonçalves

A apresentadora do programa “A Tarde é Sua” não pensou duas vezes antes de soltar o verbo contra aqueles que a criticaram

Bruno PintoRepórter do EM OFF

A situação de André Gonçalves está ficando cada vez mais delicada. Devendo valores altíssimos referentes a pensão alimentícia de uma de suas filhas, o ator acabou tendo a prisão domiciliar decretada pela Justiça de Santa Catarina e, recentemente, teve o segundo pedido de prisão solicitado. Diante dos últimos comentários feitos a respeito do assunto, Sonia Abrão acabou sendo chamada de machista nas redes sociais e ficou revoltada.

Na tarde desta quarta-feira (15), durante o programa “A Tarde é Sua”, André Gonçalves voltou a ser assunto da atração diária transmitida pela RedeTV!. Por meio de um vídeo enviado a produção, o ator contou detalhes dos momentos conturbados que está passando em sua vida. Além disso, ele agradeceu a apresentadora do programa e toda a sua equipe pela forma com que estão falando sobre o seu caso.

André Gonçalves ressaltou que está passando por um momento muito complicado e Sonia está abordando o assunto de uma maneira muito profissional: “A todos vocês, a minha gratidão. Sonia, você é gigante, uma jornalista fantástica, que comanda a sua equipe de uma maneira brilhante. Vocês tem tratado do assunto com muito respeito, muito carinho, como deve ser, pois vocês devem imaginar que não é fácil o furacão que eu estou passando”.

Em outro trecho do vídeo, o ator definiu o atual momento como o pior que já viveu: “É um inferno, o pior momento da minha vida tem sido esse. Eu tentei, durante muito tempo, negociações, acordos, recorri algumas vezes na justiça, mas em nenhuma delas eu tive sucesso, mesmo provando que eu sou um profissional freelancer, por pelo menos seis anos. Mas eu tenho fé em Deus que tudo vai passar”.

Continua após a publicidade

Logo após a exibição do vídeo enviado por André, Sonia fez questão de falar das críticas recebidas na internet e ressaltou que não está defendendo o lado errado: “Ninguém aqui defende pai que não paga pensão, como todo mundo tem falado aí: ‘Ah, vocês são machistas, vocês não pensam nas milhões de mães que criam os filhos sozinhas’… Não fale besteira, gente! Ninguém em sã consciência, ninguém no juízo normal, vai ficar ao lado de pai que não paga pensão para o filho”.

A apresentadora do programa “A Tarde é Sua” contou que o valor que o ator deve é muito alto e que precisa trabalhar para arcar com a dívida, mas a justiça acaba “complicando” ainda mais o caso colocando uma tornozeleira eletrônica: “O caso do André é muito específico. A dívida é imensa, é uma dívida sem fim, é uma dívida que não dá para pagar de imediato. Como você vai fazer, ainda mais com tornozeleira eletrônica, que aí ninguém vai te chamar para trabalhar mesmo”.

Sonia Abrão continuou defendendo seu ponto de vista e disse que se faz necessária alguma coisa para que o valor seja pago de forma mais tranquila: “É muito esquisito tudo isso. Não dá para ser dessa maneira, isso tem que ser revisto, a justiça tem que encontrar uma forma de tornar essa dívida, que tem que ser paga, em algo pagável. Quem vai tirar da cartola meio milhão de reais dessa maneira? Não tem!”.

A jornalista contou que André não tem como pagar o valor de forma imediata e que fica numa condição complicada: “O que a gente fala, o que a gente defende aqui na questão do André Gonçalves, é justamente viabilizar uma maneira dele pagar essa dívida. Agora, colocar tornozeleira inviabiliza ainda mais a questão do trabalho, que já é difícil, ainda mais nesses tempos de pandemia. Então fica difícil, fica num beco sem saída”.

Sonia Abrão concluiu dizendo que não está tomando as dores de ninguém, que só está expondo a realidade e finalizou falando para que tudo seja resolvido da melhor maneira para os dois lados: “Eu não estou tirando a razão de nenhum dos lados, eu tô falando que, neste momento, a situação é essa e neste momento é impraticável que se faça o que a lei exige. Vamos repensar, vamos tornar a coisa mais humana e possível de ser feita de uma maneira que seja boa e justa ambos os lados”.