Fechar
homenagem

Tatá Werneck chora ao relembrar Paulo Gustavo no ‘Prêmio Multishow’

A apresentadora do Lady Night se emocionou ao vivo ao homenagear o amigo e humorista, que morreu em maio

Danilo ReenlsoberRepórter do EM OFF

Aconteceu na noite desta quarta-feira (08), a cerimônia do Prêmio Multishow, um dos eventos mais importantes da música brasileira. Anitta, Israel & Rodolffo e Ivete Sangalo foram alguns dos artistas que saíram vitoriosos da premiação, que também teve espaço para a emoção. Em um desses momentos, Tatá Werneck chorou ao relembrar sua amizade e a morte do amigo e humorista Paulo Gustavo.

Há um ano, Iza e eu tivemos a honra de compartilhar… E celebrar… Aí, tá puxado… A presença ilustre de Paulo Gustavo aqui nesse palco“, disse a apresentadora do Lady Night, visivelmente emocionada e com dificuldades em continuar o discurso. Ela, no entanto, superou a emoção ao vivo e prosseguiu com sua fala, lembrando do amigo que morreu devido a complicações da Covid-19.

Paulo Gustavo é a pessoa mais engraçada que eu já conheci na minha vida. O amor, o humor e a música do Paulo Gustavo e da Marília Mendonça quebrara muitos paradigmas. Paulo Gustavo mostrou que ele podia ser a mãe mais engraçada do mundo e, ao mesmo tempo, o pai mais dedicado e amoroso“, ressaltou a humorista em seu discurso durante o Prêmio Multishow.

Em seguida, ela falou como conheceu o ator e comediante. “Eu conheci o Paulo no meu aniversário, eu estava no aeroporto. Ele me ligou e disse: ‘Tatá, aqui é Paulo Gustavo, eu consegui seu telefone e eu quero ser seu amigo’. Nós começamos uma amizade como se fôssemos íntimos há muito tempo e essa amizade já dura 11 anos“, continuou Tatá Werneck.

Continua após a publicidade

Paulo Gustavo tinha uma luz, ele sabia que dividindo ele estava compartilhando. O Paulo Gustavo era um farol, que apontava para um futuro. Um futuro onde ele queria que toda forma de amor fosse respeitada, que a arte fosse valorizada e vista com dignidade e onde o humor é uma forma de cura. Eu sinto muita falta do Paulo, mas essa falta só não é maior do que o presente que foi ter a presença dele em nossas vidas“, finalizou.

O ator e humorista Paulo Gustavo morreu no dia 4 de maio após complicações decorrentes da Covid-19. Ele foi internado num hospital particular do Rio de Janeiro no dia 13 de março, foi encaminhado à UTI (Unidade de Terapia Intensiva) uma semana depois e entubado devido à piora no seu quadro de saúde. O famoso foi velado no Teatro Municipal do Rio de Janeiro, numa cerimônia fechada apenas para familiares devido à pandemia.

O corpo do artista foi cremado em uma cerimônia também restrita a familiares e amigos próximos no dia 6 de maio. Após sua morte, o ator do MultiShow foi homenageado em Niterói (RJ). A rua que antes era “Rua Cel. Moreira César”, em Icaraí, passou ser denominada “Rua Ator Paulo Gustavo”. Paulo nasceu e viveu grande parte de sua vida na cidade carioca.

Ainda durante o Prêmio Multishow, Marília Mendonça também foi homenageada. eterna Rainha da Sofrência concorria à melhor Cantora do Ano e, logo após sua triste partida, as cantoras que também estavam indicadas na categoria – Anitta, Ivete Sangalo, IZA e Luísa Sonza – decidiram homenagear Marília e se juntaram para eleger a eterna Patroa como vencedora.