Fechar
ALFINETOU

Téo José desmerece Globo e diz que SBT fez a melhor cobertura da Libertadores

O narrador da emissora de Silvio Santos disse esperar que a Globo mantenha a mesma qualidade das transmissões feitas pelo SBT

Bruno PintoRepórter do EM OFF

Em meio a um dos momentos mais críticos de sua história, registrando péssimos índices de audiência em grande parte de sua programação, o SBT encontrou no futebol uma forma de conseguir elevar, pelo menos durante alguns momentos, seus números no Ibope. Entretanto, a alegria durou pouco e a emissora de Silvio Santos acabou perdendo a sua galinha dos ovos de ouro.

A Rede Globo venceu o SBT e conquistou os direitos de transmissão do maior torneio da Américas entre 2023 e 2026. Por sua vez, a emissora do Homem do Baú não saiu de mãos abanando e passará a exibir os jogos da Copa Sulamericana. Acontece que a perda da Libertadores acabou pegando muita gente de surpresa nos bastidores do SBT, que não faz questão alguma de esconder a frustração pelo ocorrido.

Uma das pessoas que ainda não conseguiu digerir totalmente essa história é Téo José. O narrador do SBT, além de enaltecer a cobertura da competição feita por sua emissora ao longo dos anos, não perdeu a oportunidade de dar uma alfineta na Rede Globo. Em entrevista ao portal NaTelinha, o contratado da emissora de Silvio Santos não poupou palavras para descrever o trabalho quem vem sem feito pelo SBT desde 2020.

De acordo com o narrador, a emissora paulista elevou a qualidade das transmissões do torneio e as descreveu como as melhoras da televisão até o momento: “Ela [Libertadores] sai do SBT maior do que entrou. Os números da licitação mostram isso. Nunca foram feitas duas finais da Libertadores na TV aberta como o SBT fez. Isso é fato. Não é propaganda, não é nada. Foram as maiores coberturas de TV aberta em finais de Libertadores”.

Continua após a publicidade

Téo destacou a desistência da Globo com relação ao campeonato, mas disse entender que a decisão é questão de negócios: “O SBT, através da sua diretoria, fez todos os esforços possíveis para manter a Libertadores da América. E foi uma licitação, na licitação a Conmebol achou por bem voltar com os direitos pra Globo. Mesmo com o SBT tendo acolhido a competição, no momento que a Globo desistiu no meio de uma pandemia, o SBT acolheu e fez a competição ficar maior ainda do que era em todos os sentidos, em valor de mercado. Mas isso é normal no mundo dos negócios”.

Téo fez um balanço e disse que a missão conseguiu ser cumprida: “[Isso tudo funcionou] Graças ao trabalho de uma equipe, graças ao trabalho de uma filosofia e graças principalmente a ideia do SBT, que é primeiro entregar. A gente tinha o objetivo de entregar um excelente produto para as pessoas que estavam assistindo o SBT, os amigos do SBT e entregar um excelente produto para o mercado publicitário. E depois receber. E acabou dando certo”.

Sem citar a Globo, o narrador concluiu dizendo esperar que a concorrente mantenha a mesma qualidade do SBT: “O que eu espero, é que quem agora tenha a responsabilidade de transmitir a competição, que ela mantenha o mesmo patamar. Estamos numa prateleira bem alta. O sarrafo aumentou. Não por uma questão de SBT, concorrência, nada disso. O torcedor merece isso. O torcedor merece isso. O SBT mostrou que o torcedor pode ser melhor tratado”.