Fechar
MOMENTOS DIFÍCEIS

Thales Bretas se emociona ao relembrar fala de Paulo Gustavo: ‘Vou morrer?’

Durante participação no “Mais Você” desta terça-feira (03), o médico dermatologista falou do medo do humorista

Bruno PintoRepórter do EM OFF

Prestes a completar um ano da morte de Paulo Gustavo, que perdeu a batalha para a Covid-19, Thales Bretas, viúvo do humorista, foi o convidado especial do programa “Mais Você” desta terça-feira (03). Além de falar sobre os filhos, o médico dermatologista não conseguiu conter a emoção ao relembrar de momentos inesquecíveis ao lado de seu eterno amor, incluindo os últimos, quando ele estava internado no hospital.

Thales iniciou a conversa com Ana Maria Braga falando que o ator teve oscilações enquanto estava internado e que, em alguns momentos, achou que ele iria sair daquela situação, assim como muitas pessoas conseguiram na época: “Tiveram vários momentos que nós achávamos que ele estava melhorando. Eu, por ser médico, tive essa ‘vantagem’ de estar presente no hospital grande parte do tempo e poder ficar ao lado dele”.

O viúvo do humorista contou que eles sempre foram muito precavidos e que, para se reunir com outras pessoas, sempre realizavam testes. E foi exatamente em um desses testes de rotina que descobriu que Paulo havia sido infectado: “A gente sempre ficava em casa. Nós chegamos a encontrar alguns amigos selecionados, mas sempre fazendo testes. Inclusive a gente descobriu fazendo um desses testes, para se encontrar com um casal de amigos, quando o teste dele deu positivo”.

O médico dermatologista revelou que o marido ficou pálido e nervoso ao saber que havia contraído o vírus da Covid-19: “Nós ficamos muito tensos. Ele ficou muito nervoso, ficou branco mesmo naquela hora. Ele parecia que tinha uma premunição ou um pouco de hipocondria também, mas ele falava que não podia pegar a Covid, porque se pegasse ia ficar grave e iria morrer”

Continua após a publicidade

Bretas contou que na época em que Paulo Gustavo foi contaminado, o Brasil ainda não tinha vacina e que tentaram até em outros países: “A gente tentou de tudo para tentar vaciná-lo nos Estados Unidos, mas lá não estavam recebendo brasileiros, mesmo com os nossos filhos sendo americanos. Depois tentamos na Rússia, que estava recebendo turistas, mas não brasileiros. Tentamos de tudo mesmo, mas não conseguimos”.

Visivelmente emocionado ao tocar no assunto, Thales descreveu os momentos em que o ator esteve internado como os mais difíceis de sua vida: “Eu internei ele no dia 13 de março, dia do meu aniversário, uma data muito forte… Essa parte do hospital, de todo o perrengue que passei lá, eu nem gosto de lembrar. Eu tento tocar a minha vida para não ficar lembrando desse pesadelo, pois foram os dias mais terríveis da minha vida”.

Por fim, Bretas revelou que em um determinado momento, Paulo Gustavo o questionou sobre o seu estado de saúde e lhe fez uma pergunta muito complexa de ser respondida: “Ao mesmo tempo que ele tinha muito medo, ele tinha lucidez e uma calma muito grande. Mas ele tinha consciência de que estava mal e chegou a perguntar se podia morrer e se tinha condições de sair daquela situação”.