Fechar
EMOCIONANTE

VÍDEO: Jornalista da Band se emociona ao entrevistar o pai após desabamento

Bruno Treptow, pai da jornalista Joana Treptow, âncora do Jornal da Band, sobreviveu ao desabamento do prédio em Miami nos Estados Unidos

Adriel MarquesRepórter do EM OFF

Na madrugada desta quinta-feira (24), um prédio residencial com 12 andares com vista para o mar desabou em Miami Beach, nos Estados Unidos. O acidente na Flórida mobilizou centenas de bombeiros na busca por vítimas e sobreviventes nos escombros. O pai de Joana Treptow, contratada da Band, ganhou uma segunda chance e o relato é emocionante.

Não foi identificada ainda a causa do desabamento no prédio em Miami, entretanto, o que se sabe é que existem 99 pessoas desaparecidas até o momento. Bruno Treptow sobreviveu ao desabamento e deu uma entrevista ao vivo para o Jornal da Band.

Bruno Treptow é pai de Joana Treptow, jornalista e âncora do Jornal da Band, principal noticiário da emissora. O sobrevivente do acidente no Champlain Towers South conversou com a filha ao vivo, os dois ficaram bastante emocionados e comoveram os telespectadores.

“Pai, primeiro lugar é muito bom te ver, muito bom conversar com você. Hoje eu passei o dia inteiro conversando bastante com meu pai. Conta pra gente o que você viu. Como você acordou?”.

Bruno, pai da jornalista Joana Treptow, apareceu bastante abalado e começou o desabafo traumatizado com o acidente: ‘‘Bom, primeiro boa noite e bom te ver filha! Foi uma coisa surreal, não sei como te dizer, a inda tenho emoções muito fortes. Parece uma montanha russa emocional, tem horas que estou bem e tem horas que não”.

O sobrevivente do acidente na Flórida, morador do prédio, aproveitou o espaço para dar mais detalhes do ocorrido para o Jornal da Band:

“Aconteceu 1h30 da manhã, eu estava dormindo, ouvi um estrondo e eu senti que era o teto e acordei. Minha mulher estava dormindo, ela sabia o que era, acordou assustada e eu falei: ‘O teto está caindo’. Ela falou: ‘Não, não pode ser’. Eu falei que era o teto e veio outro estrondo e depois fui saber que foram as duas partes do prédio que caíram, abracei [a esposa] e falei: ‘Pronto, vamos morrer'”.

Confira o vídeo abaixo:

Tem alguma foto? print? vídeo? ou áudio de alguma fofoca? envie um e-mail para contato@portalemoff.com.br sua identidade será mantida no mais absoluto sigilo