Fechar
TÊNIS DE MESA

VÍDEO: Jornalistas da Globo jogam ping-pong ao vivo durante telejornal

Alexandre Oliveira e Julia Duailibi tiveram um momento de descontração ao vivo na GloboNews

Danilo ReenlsoberRepórter do EM OFF

Em clima de Jogos Olímpicos, os jornalistas Julia Duailibi e Alexandre Oliveira, do canal de notícias GloboNews, tiveram um momento de descontração durante o “Em Pauta”, atração exibida nas manhãs da emissora. Durante a exibição de informações da Olimpíada de Tóquio, os dos contratados da Globo jogaram tênis de mesa, ou ping-pong, como é popularmente conhecido, ao vivo.

Eu sei que você gosta de tênis de mesa, eu trouxe uma bolinha pra você. A gente vai jogar uma bolinha, eu trouxe a raquete“, disse Alexandre Oliveira, entregando uma bola e uma raquete para Julia Duailibi e arrancando risos da apresentadora. “Acho que a gente tem que chamar o intervalo“, brincou Julia. “Vamo quebrar a luz“, comentou Oliveira.

O momento de descontração dos jornalistas da Globo agradou o público, que fez comentários positivos nas redes sociais. “Em tempos de pandemia, tá muito legal está descontração pela manhã, valeu pessoal“, escreveu o internauta Luís Henrique no Twitter. “A Júlia sempre arrasa! Sempre se sai bem até quando é pega em situações como essas“, comentou a telespectadora Luli Andrade na mesma rede social.

Alexandre Oliveira e Julia Duailibi não foram os únicos a incorporar o “espírito olímpico” durante a exibição da Olimpíada de Tóquio. Elisa Veeck, ex-Globo e atual contratada da CNN Brasil, entrou andando de skate ao vivo no canal e surpreendeu os telespectadores com o talento até então desconhecido. A jornalista celebrou as conquistas brasileira na modalidade. O Brasil ganhou duas medalhas de prata no skate no Japão.

Continua após a publicidade

Skate

Durante a transmissão do Live CNN, a jornalista Elisa Veeck invadiu o cenário de surpresa, convidada para falar sobre a Olimpíada de Tóquio, a medalhista Rayssa Leal, de apenas 13 anos, e o hobbie favorito que é andar de skate. Veeck participou do Pódio CNN e falou sobre representatividade no esporte e que qualquer pessoa pode fazer o que quiser.

A jornalista falou sobre as diversas nuances representando uma pessoa da comunicação, relatando que pode gostar de transmitir notícias ao mesmo tempo de fazer outras coisas também: “Essa representatividade do esporte nas Olimpíadas faz pensarmos que não temos que ficar nos encaixando em nenhum lugar. Posso gostar de passar notícia e, mesmo assim, gostar de skate, de subir montanha, mergulhar, andar de bike, fazer yoga“.

Outra jornalista que também virou notícia ao comentar os Jogos Olímpicos foi Carla Vilhena, também da CNN Brasil. Ela usou suas redes sociais no domingo (25), para criticar um esporte na Olímpiada pelo seu mau exemplo dado principalmente para crianças e adolescentes. A âncora do “Visão CNN” parabenizou a medalha de prata conquistada pelo skatista Kelvin Hoefler, mas criticou a modalidade esportiva pela sua falta de segurança na Olimpíada de Tóquio.

Não quero ser a chata que vem jogar água fria, mas sou mãe. Parabéns ao Kelvin, pela medalha conquistada! Mas já é difícil fazer meninos iniciantes colocarem equipamentos de proteção para o skate, e fica ainda mais difícil se na Olimpíada isso não for exigido. (Desculpe aí)”, desabafou a jornalista.

Veja abaixo a partida de tênis de mesa entre Alexandre Oliveira e Julia Duailibi:

Tem alguma foto? print? vídeo? ou áudio de alguma fofoca? envie um e-mail para contato@portalemoff.com.br sua identidade será mantida no mais absoluto sigilo