Caso Eliza Samudio volta à tona após carta psicografada – EM OFF

Caso Eliza Samudio volta à tona após carta psicografada

Jean Telles 01/08/2022

O assassinato de Eliza Samudio voltou a ser repercutido nas redes sociais nessa segunda-feira (1), após divulgação de uma suposta carta psicografada pela vidente Chaline Grazik.

Caso Eliza Samudio

Através de um vídeo publicado em suas redes sociais, a vidente declarou que o corpo de Eliza Samudio, assassinada há mais de 12 anos, teria sido jogado no fundo de um rio.

Caso Eliza Samudio

Na carta, a vidente descreve todo o crime brutal sofrido por Eliza, indicando que um dos homens responsáveis por sua morte, seria moreno e estaria vestindo uma camisa vermelha no momento do crime.

Caso Eliza Samudio

Ainda de acordo com a suposta mensagem psicografada pela própria vítima, o homem teria batido com um pedaço de madeira em seu corpo, até que afundasse em um rio.

Caso Eliza Samudio

Eliza Samudio foi morta em 2010 em um sítio localizado em Belo Horizonte, Minas Gerais, mas seu corpo nunca foi localizado. O goleiro Bruno foi condenado em 2013 como mandante do crime.

Caso Eliza Samudio

Ele foi condenado a 22 anos de prisão pelo assassinato da vítima e foi solto cerca de sete anos após sua prisão, quando foi colocado em regime semiaberto. Bruno chegou a ser contratado por alguns clubes após ser solto.

Caso Eliza Samudio

O ex-policial Marcos Aparecido dos Santos, conhecido como "Bola", e o amigo do goleiro, Luiz Henrique Romão, nomeado de "Macarrão", também foram condenados pela morte de Eliza.

Caso Eliza Samudio