Burst

'Fantástico' é detonado após reportagem com filho de Pedro Bial

Danilo Reenlsober 16/05/2022

O "Fantástico" deste domingo (15) deu espaço para Theo Bial, filho de Pedro Bial e da atriz Giulia Gam, anunciar o lançamento do seu primeiro disco, chamado "Vertigem".

"A minha mãe sempre me levava para as peças de teatro, para as gravações", disse Theo, na entrevista. "Eu queria que ele fizesse música, porque foi um sonho meu", reforçou Giulia.

Theo, de 24 anos, compõe com inspiração na bossa nova e seu disco também traz muito do samba. Entre as inspirações, está o músico Djavan. "Minha primeira paixão", disse.

Nas redes sociais, no entanto, muitos telespectadores do "Fantástico" reagiram de forma negativa e criticaram o espaço dado pela TV Globo ao jovem artista.

Alguns internautas apontaram meritocracia, dizendo que o músico apenas conquistou o espaço no programa devido aos pais famosos. Confira algumas reações:

O internauta Augusto Chidozie disse no Twitter que o "anúncio" feito pelo jornalístico da TV Globo era um exemplo de "meritocracia" e comparou Theo Bial a Tiago Leifert.

Comparação

Já a internauta Ju Franco apontou que Theo Bial está participando de várias atrações da emissora. "Ontem foi no Altas Horas, hoje no Fantástico, amanhã no sofá do encontro da Fátima Bernades".

Onipresente

Parte do público, como a telespectadora Joselani Soares, questionou: se Theo Bial não fosse filho de famosos, teria o mesmo espaço? "Será que a 'meritocracia' do parentesco ajuda a explicar?".

Dúvida

O telespectador Marcos Gabriel também usou o Twitter para mostrar sua insatisfação. "Não é sobre apoio a novos artistas (...), é sobre o filho do cara da empresa ter destaque".

Privilégio

Já o internauta Felipe Pires também falou do privilégio em Theo ser filho de Pedro Bial. "É muito fácil ser branco e rico no Brasil: você pula todas as fases e vai direto pro topo".

"Branco"

A internauta Camila Pizzolotto também mostrou sua revolta com a "aclamação" de Theo. "Eu só consigo pensar em como a burguesia brasileira é antes de tudo despudorada".

"Despudorada"

Muita gente, como o Augusto Dantas, preferiu tratar o assunto com ironia. "Se o filho do Pedro Bial consegue uma entrevista pro lançamento do primeiro disco dele, foi porque ele mereceu".

Merecimento

Outros usuários da rede social também resolveram fazer piada com o assunto, dizendo que o "sobrenome não garante emprego".