Perfume íntimo, tatuagem, brigas: as polêmicas de Anitta – EM OFF

Perfume íntimo, tatuagem, brigas: as polêmicas de Anitta

Danilo Reenlsober 28/07/2022

Não é novidade nenhuma que a cantora Anitta gosta de uma polêmica. Vira e mexe, a "Girl From Rio" solta uma frase de impacto para "causar" e virar notícia no Brasil - e no mundo.

Não foi diferente nesta manhã de quinta-feira (28). A dona do hit "Envolver" anunciou no seu perfil no Twitter que vai lançar uma linha de "perfumes íntimos".

"Chega de tanta gente lucrar e ganhar palco através do meu polemicú. Chegou a MINHA hora. Em breve meu perfume íntimo a venda nesse Brasil todooooooo", escreveu a cantora.

"A pepeka de milhões, o piu piu de milhões, as bola de milhões, o polemicú de milhões. Cheiroso pro resto da vida. Você vai amar tanto que vai usar que nem desodorante", ressaltou.

O assunto, claro, tomou conta das redes sociais. Essa não é a primeira polêmica envolvendo o nome de Anitta. Relembre com o EM OFF outros "babados" da artista.

Após o lançamento do clipe de "Sua Cara", parceria da cantora com Pabllo Vittar, um áudio da cantora acabou sendo vazado. Nagravação, ela reclamava dos valores pagos na produção.

Suposta briga

 "O clipe eu tava pagando sozinha. Muito pão dura, entendi. Pão dura ia ser se eu pegasse e falasse: 'Não, não vou pagar clipe nenhum'. Clipe caro pra caralh*, 70 mil dólares, dólares! Sou pão dura?".

Anitta e Iggy Azalea lançaram, em parceria, a música Switch em 2017, mas fãs da brasileira criticaram o tamanho de sua participação na música e reclamaram no Instagram de Iggy.

Iggy Azalea

Assim, a australiana publicou um desabafo e, no fim das contas, após o vazamento de trechos do vídeo, o clipe da música foi cancelado e nunca chegou a ser lançado oficialmente.

Após o cantor Nego do Borel chamar Luisa Marilac de "homem", Anitta tentou defendê-lo: "Eu jamais vou virar as costas para um amigo meu". Posteriormente, ela se arrependeu e pediu desculpas aos seus fãs.

Nego do Borel

Anitta já utilizou tranças e até mesmo dreadlocks em seu cabelo, fazendo com que alguns fãs a acusassem de uma suposta "apropriação cultural". "Cada um deve se vestir da forma que se sente bem", defendeu-se.

Apropriação cultural?

Em 2021, a cantora surpreendeu muita gente ao resolver fazer uma tatuagem numa área próxima ao ânus. Em entrevista, ela disse que a tatuagem foi um tipo de aposta que ela fez com o pai, Mauro Machado.

Tatuagem íntima

"Tava com meu pai e ele queria fazer uma tattoo. Estávamos em casa bebendo e conversando, ele falou que doía, mas queria muito fazer. Eu falei que para provar que não doía, ia fazer no lugar mais sensível do corpo"

Esse ano, durante um show, o sertanejo Zé Neto usou Anitta para atacar a Lei Rouanet : "Nosso cachê quem paga é o povo. A gente não precisa fazer tatuagem no 'toba' para mostrar se a gente está bem ou mal".

Zé Neto

A fala revoltou fã-clubes da cantora no Twitter, que iniciaram uma investigação contra os artistas sertanejos e seus cachês milionários. Gusttavo Lima foi um dos principais afetados.